Denúncia

Fortaleza: Professores denunciam que vereadores e mãe da prefeita recebem dinheiro do Fundeb

Comando de greve dos professores em reunião com representantes da Câmara Municipal. Foto: Kézya Diniz

Diante do impasse entre a prefeitura de Fortaleza e professores municipais, em greve há mais de um mês, representantes da categoria denunciam supostas distorções na aplicação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

De acordo com cópias do demonstrativo da folha de pagamento do Fundeb para a prefeitura de Fortaleza, professora Luiza Maria de Oliveira Lins, que é suplente de deputada estadual pelo PT e atualmente é preside o Instituto de Pesquisa Américo Barreira, órgão vinculado à Câmara Municipal de Fortaleza, recebe R$ 6.673,82 (valor bruto) da folha de pagamento do Fundeb. O demonstrativo mostra Luiza Lins lotada no “distrito de educação”.

No mesmo documento, constam os nomes de dois vereadores. Luciram Giram Sales, do PSL, também aparece no cago de professor, lotado no “distrito de educação B”, com proventos R$ 7.828,84. Já Gerôncio de Souza Coelho, do PT do B, que consta como agente administrativo, tem remuneração de R$ 3.665,12.

Os professores, reivindicam a implantação do Piso Nacional do Magistério. A prefeitura afirma que não tem como arcar com o reajuste. Os denunciantes informam que a documentação será enviada para o Ministério Público Federal com pedido de investigação sobre os valores repassados e eventuais desvios de finalidade dos recursos do Fundeb.


Curtir:


24 thoughts on “Fortaleza: Professores denunciam que vereadores e mãe da prefeita recebem dinheiro do Fundeb

  1. Cada dia q se passa, eu me decepciona com esse PT.Absurdo essa denúncia.Luiziane q sempre criticou a adm. do Juraci chega no poder e faz pior do q o Juju.Criticou a terceirização e triplicou o número de terceirizados. Era contra o antigo prefeito quando ñ pagava os direito dos servidores e num entanto ñ paga se quer os nossos anuênios q é Lei.Essa luta dos professore é justa,basta a Luiziane cumprir a Lei do piso dos professores.Parabéns professores pela luta de vcs.Vão até o fim e ñ desistam nunca.Vão enfrente e denuncie mesmo essas irregularidades da mãe da prefeita e desses vereadores corruptos,Bando de incoerentes.Ñ tem dinheiro prá pagar os direitos dos servidores, mas tem prá pagar salários abusivos prá mãe dela.

  2. PARA QUE HAJA ORDEM NÃO É NECESSÁRIO QUE HAJA PODER. TEMOS QUE DENUNCIAR ESSAS MAZELAS TRAVESTIDAS (COM TODO O RESPEITO AOS TRAVESTIS) DE DEMOCRACIAS, NA REALIDADE SÃO MAMATAS PAGAS PELO CONTRIBUINTE. FAÇAMOS UMA COMPARAÇÃO ENTRE A AGILIDADE PARA AUMENTAR OS PROVENTOS LEGISLATIVOS, ALÉM DE SEU MONTANTE, E OS MESMOS CRITÉRIOS QUANTO A CLASSE TRABALHADORA. TEREMOS A RESPOSTA. KÉSIA, PARABÉNS PELO BLOG, TÁ MASSA!!!!!!! TE ADMIRO MUITO.

  3. Agora, todos nós sabemos porque a Prefeita têm uma forte base de apoio na Câmara Municipal. Usando o dinheiro do FUNDEB, garante o apoio de alguns Vereadores. Isso é uma vergonha! É preciso uma fiscalização rígida e uma apuração por parte do Ministério Público Federal, tendo em vista que envolve recursos públicos federais.

  4. Por favor, alguém pode informar se há algum tipo de investigação sobre uma pessoa ocupar tantos cargos públicos ao mesmo tempo?

  5. gostaria de saber quem vai defemder as criancas que estao sem aulas sem marenda pois so se falar de aumento dos professores emquanto os alunos sao os mais prigudicados a onde ficar o direito do cidadao que pagar imposto pra professor ta brincado de dar aula pois nem ler aprende sou mae de aluna e nuca vim tanto desreisperto

  6. Professor não brinca de dar aula. O que ocorre é que os profesores não tem as condições adequadas para realizar um bom trabalho. Salas de aula com número de alunos acima do recomendado pelo MEC, ausência de planejamento para a relaização de suas aulas, falta de uma formação permanente e em serviço, como orienta a LDB, entre outras. Certamente todos esses fatores acabam por comprometer a qualidade da educucação municipal. Existe uma Lei Federal, a Lei do Piso, que não está sendo respeitada pela prefeitura de Fortaleza se estivesse os professores não estariam em greve. Desta forma os professores não estão contra os alunos e suas famílias como estas não deveriam estar contra os professores, mas solidários aos mesmos, pois ao lutar por melhorias na educação estão buscando melhores condições para a realização de seu trabalho e consequentemente por melhores resultados junto a seus alunos.

  7. Que a dona Suzi saiba: em Fortaleza quase não tem bibliotecas. E para conseguir um ônibus para visitar uma delas, é uma burocracia! Que não exijamos só aulas, mas aulas de qualidade! Entrei em Fortaleza em 2001 e nunca tive um curso sequer! A atual secretária de Educação NUNCA conversou conosco. A que ela teme? Não sei!

  8. Exatamente isso é que devemos cobrar da Sra. Prefeita. Quem irá defender as crianças que estão sem aula? Todos nós sabemos quem são os verdadeiros culpados, porque somos inteligentes em saber que não são os professores, sabemos tbm muito bem as causas da existencia dos analfabetos, que tbm não são sos professores. E é exatamente porque pagamos impostos que devemos querer saber para ode está indo este dinheiro, entendo tbm como uma grande falta de respeito a não aplicação do FUNDEB nas valorização dos professores.

  9. É preciso deixarmos claro que o direito a carga horaria de 200h os alunos terão pois os professores reconhecem seu DEVER. Resta-nos a PREFEITA reconhecer o seu que é pagar o PISO lei FEDERAL.

  10. dna suzi, a sra deveria se envergonhar de nao ter o minimo de preocupaçao com os recursos gastos pela prefeita, que deveriam ir para beneficiar alunos como sua filha, se eh q a sra eh mesmo mae de aluna…pq todasas maes e pais q eu conheço estao apoiando os professores, pois conhecem a realidade da escola, o cumulo do descaso q enfrentamos todos os dias.

  11. Suzi minha querida não se preocupe! As crianças TERÃO todas as aulas recuperadas… Nossa categoria é a única que paga pelos dias em greve. Nós somos os primeiros a pensar nelas.
    E por pensarmos nelas é que denunciamos a situação do ensino público, pois não fazemos mágica e muito menos milagre. Somos profissionais.

  12. É lamentável que tais desvios aconteçam, uma falta de vergonha! Pois, geralmente, essas pessoas mais próximas do poder além de locupletarem-se com o dinheiro público, sempre acham que o servidor(a) ganha bem…
    A greve teria menos reflexos negativos se fosse negociada com rapidez (ou até evitada) oferecendo um aumento razoável à categoria, evitando, assim, prejuízos na aprendizagem dos alunos, que mesmo tendo as aulas repostas perdem um ritmo natural de estudos, além do início tardio do ano letivo, fato que certamente levou muitos alunos a migrarem para escolas particulares e municípios vizinhos, o que significa também queda no repasse do FUNDEB. Tudo isso seria pensado se a educação de qualidade e o respeito ao ser humano fossem prioridades.

  13. Sou professor e estou pensando em desistir dessa profissão, pois não tenho os meus direitos respeitados, não adianta mudar os governos, pode ser o PSDB ou o PT, tudo é farinha do mesmo saco, me lembro do Acrisio Sena pedindo voto na minha escola, foi até a sala de aula e pegou na minha mão e hoje do lado da senhora PROFESSORA Luizianne Lins, por que será que os jornais não cobram que a prefeitura cumpra a lei, o ministério público omisso nessa hora, a corda só quebra do lado mais fraco.

  14. Os governantes só estão preocupados com o seu próprio umbigo e quando descobri isto fiquei muito decepcionada. Seus interesses estão em primeiro lugar. Mas eu acredito q nós professores temos uma carta na manga, nós somos formadores de opinião, podemos trabalhar nossos alunos, sua família e mudar tudo isso se acreditarmos e quisermos. 2012 vem aí vereadores, se cuidem!!!!!!!!

  15. Os governantes só estão preocupados com o seu próprio umbigo e quando descobri isto fiquei muito decepcionada. Seus interesses estão em primeiro lugar. Mas eu acredito q nós professores temos uma carta na manga, nós somos formadores de opinião, podemos trabalhar nossos alunos, sua família e mudar tudo isso se acreditarmos e quisermos. 2012 vem aí vereadores, se cuidem!!!!!!!! Não acredito que com essa cara de pau que vces tem ainda esperam ser eleitos.

  16. FORA DO PODER FALAM MAL DO GOVERNO.UMA VEZ LÁ,ESQUECEM SUAS ORIGENS,PROMESSAS E DO POVO.QUE NÃO SEJAM ESQUECIDOS AQUELES QUE ASSIM AGEM,POIS SÓ ESTÃO COMO VEREADORES GRAÇAS AO VOTO DE ALGUÉM.ALIÁS,QUE DEMOCRACIA ESTAMOS VIVENDO,ONDE PROFESSORES SÃO AGREDIDOS,BOMBEIROS PRESOS E GOVERNANTES FAZEM O QUE QUEREM ?

  17. O PROBLEMA É QUE O POVO TEM MEMÓRIA FRACA,LOGO ISSO SERÁ ESQUECIDO E ESSES HIPÓCRITAS GOVERNANTES PODERÃO CONTINUAR NO PODER APÓS AS ELEIÇÕES DE 2012.

  18. Tb penso que em 2012 muita gente vai ter esquecido Cícero, o mais triste é que alguns professores ainda votarão nessa corja. Mas, vamos fzer já um acordo? Assim que as campanhas começem vamos divulgar novamente TODOS OS VÌDEOS E REPORTAGENS EM REDES SOCIAIS ,EM BILHETES e outras coisinhas assim vamos conseguir tirar uma boa parte e mostrar ao resto que a coisa muda sim.

  19. É bem que o meu professor de filosofia disse, quando lhe falei em ser professora , todo triste me folou
    _ nao é melhor procurar outra profissao , e estudar bastante pois vai chegar um tempo em que o monopolio politico que rege o brasil vai querer tirar-lhe, mas o seu conhecimento ninguem tira . pois para ele o Brasil nao avança na educaçao porque o gov.. nao precisa de um povo inteligente ,que conheça seus direitos,deveres,que ponha a boca no trombône para lutar por um ideal socialista,que valorise o ser em si..etc quer mesmo é um bando de burros onde eles puxem pra onde quiser.

    e ainda falam em ter boa educaçao num pais tao corrupto,onde nao se valorisa nem os mestres da educaçao hoje em dia tem pedreiro que ganha mais que um professor.

Comments are closed.