Greve
Atualizado em: 09/06/2011 - 8:03 pm

Os professores de Fortaleza reagiram às declarações da prefeita Luizianne Lins sobre a greve. Ontem (quarta-feira, 08), em entrevista a equipe de reportagem da TV Jangadeiro, Luizianne criticou o movimento e anunciou o corte da primeira parcela do 13º salário dos educadores em greve.

Leia também:
Luizianne diz que greve é ilegal e anuncia suspensão de pagamento do 13º para professores

Mobilização
Na manhã desta quinta-feira (9) a categoria realizou um novo protesto. Dessa vez, a mobilização foi em frente ao Paço Municipal, sede da Prefeitura.

Sindicato
Luizianne Lins afirma que os professores não querem negociar e que, na verdade, estão fazendo um movimento político. A diretora do Sindiute, Gardênia Baima, rebateu às declaração da prefeita.

“Quem pauta a greve, quem pauta o que o sindicato deve fazer ou não é a categoria. A prefeita está desautorizada a discutir o que devemos fazer”, afirmou.

Greve continua
Mesmo com a suspensão da primeira parcela do 13º salário, que seria paga no mês de julho, os professores garantem que vão continuar em greve.

Leia mais:
Confusão e pancadaria em protesto de professores
Clima tenso na Câmara dos Vereadores nesta terça-feira
Audiência de conciliação é suspensa e reajuste dos professores entra na pauta da Câmara sem discussão com categoria
Luizianne diz que não vai ceder à pressão e faz um apelo aos professores em greve

Acompanhe a reportagem exibida no Jornal Jangadeiro

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me