Ceará

Profissionais da Educação realizam caminhada de protesto em Fortaleza

Professores da Rede Pública estadual seguem mobilização por melhores condições para categoria.

A Central Única dos Trabalhadores no Ceará (CUT/CE) realiza uma caminhada nesta quinta-feira (15) em apoio aos profissionais da educação do Ceará. A Central – em parceria com Apeoc, Sindiute e Fetamce – promove uma caminhada da Praça da Bandeira até a Praça do Ferreira. A concentração será às 15 horas.

Pela manhã, no auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE), houve um debate sobre a valorização dos trabalhadores da educação após o julgamento da Lei do Piso pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Reivindicações
A reivindicação é pelo reajuste de 22,22% no piso nacional, além de um plano de cargos e carreiras que valorize os profissionais da educação. A categoria também quer que 10% do Produto Interno Bruto (PIB) sejam direcionados para o Plano Nacional de Educação (PNE) e que um terço da carga horária de trabalho seja para planejamento.

As ações do dia 16 fazem parte da Greve Nacional da Educação, que começou no último dia 14 e é organizada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). Os sindicatos ligados ao setor em todo o País estão mobilizados. O professores e professoras do Estado prepararam ações em vários municípios do Ceará, com debates, seminários e oficinas.

“Não poderemos ter uma educação de qualidade para formar cidadãos sem investimento para valorizar os professores e professoras”, afirmou o presidente da CUT-CE, Jerônimo do Nascimento. Segundo ele, a CUT/CE sempre foi parte dessa luta e dará todo o apoio para as manifestações da categoria em prol do piso dos professores.

Da Redação do Jangadeiro Online