Polêmica

Projeto da “Cura Gay” pode ser arquivado

Projeto da “Cura Gay” pode ser arquivado
Projeto da “Cura Gay” pode ser arquivado

O projeto de lei que permite o tratamento da homossexualidade, denominado “cura gay”, pode ser arquivado esta semana. O arquivamento encontra ressonância nas manifestações das ruas, que provocou até mesmo o recuo do presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, pastor deputado Marco Feliciano (PSC/SP). Feliciano, em vídeo, postado na internet, afirma que homossexualidade não é doença.

Arquivado
Diante da pressão das ruas, o presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB/RN) reunirá nesta terça-feira (2) lideranças partidárias para analisar o pedido de urgência do projeto, que poderá ser levado ao Plenário para votação ainda esta semana. “O projeto deverá ser enterrado”, disse Henrique Alves a jornalistas.

Agilidade
A matéria já foi aprovada pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias, depois de vários adiamentos em função da repercussão dos protestos realizados na Câmara. O Conselho Federal de Psicologia é contrário a proposta, inclusive já se manifestou sobre o assunto.

Com informações da Câmara dos Deputados.


Curtir: