Ceará

Projeto sugere criação do Território Estratégico do Pecém

A proposta é da deputada estadual Bethrose Fontenele (PRP)

A deputada estadual Bethrose Fontenele (PRP) apresentou, na Assembleia Legislativa, o um Projeto de Lei que sugere a criação do Território Estratégico do Pecém.

O objetivo é estender geograficamente a área de desenvolvimento criada pela implantação do Complexo Industrial e Portuário (CIPP), de forma que outros municípios da região venham a ser beneficiados com os investimentos realizados, além dos municípios de São Gonçalo do Amarante e Caucaia, que abrigam o Complexo.

“Com a criação do Território Estratégico do Pecém queremos levar o desenvolvimento sustentável também para os municípios que estão ao entorno do CIPP, como Paraipaba, Paracuru, São Luís do Curu, Umirim, Pentecoste, Itapipoca, Tururu, Trairi e Uruburetama”, explica a parlamentar.

Parceria
De acordo com a proposta, o Poder Executivo, em parceria com os municípios, União, organizações não governamentais, iniciativa privada e outros segmentos da sociedade civil, irão elaborar um Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável constando de diretrizes, políticas de incentivos fiscais e recomendações que visem atrair novos investimentos públicos e privados.

Ainda segundo a deputada Bethrose, a criação da zona de influência do Pecém será de grande relevância para os municípios da região do Vale do Curu. “É preciso compartilhar com eles os frutos da chegada das grandes corporações e empreendimentos que trazem dividendos capazes de mudar o perfil econômico destes municípios”.

Diagnóstico
Se aprovada a proposta, o Poder Executivo fará um diagnóstico completo da área de influência do Complexo Industrial e Portuário do Pecém, com dados físico, ambiental, econômico e social, visando subsidiar a elaboração do Plano Estratégico de Desenvolvimento Sustentável.

Com informações da Assessoria


Curtir: