Articulação

PSB fecha questão e Zezinho Albuquerque é o nome do partido para presidência da Assembleia

PSB fecha questão e Zezinho Albuquerque é o nome do partido para presidência da Assembleia. Foto: AL

Em reunião na noite desta terça-feira (20), a Executiva estadual do Partido Socialista Brasileiro (PSB) fechou questão em torno do nome do deputado Zezinho Albuquerque para a presidência da Assembleia Legislativa. O governador Cid Gomes, presidente da sigla no Ceará, acompanhou o debate e conversou com a imprensa.

O nome de Zezinho Albuquerque foi aprovado pela unanimidade dos presentes, o que incluiu outros parlamentares também citados como possíveis sucessores de Roberto Cláudio na presidência da Assembleia. É o caso dos deputados José Sarto e Wellington Landim.

Reconhecimento
Após o anuncio, o deputado Zezinho Albuquerque disse avaliar que a decisão é fruto do reconhecimento dos demais deputados pelo trabalho desenvolvido por ele. O parlamentar já exerce mandado na AL há 22 anos.

Consenso
Zezinho Albuquerque é o primeiro secretário da Mesa Diretora, chamado nos bastidores de “primeiro ministro”, e já garantiu o apoio público de vários parlamentares, inclusive dos que fazem oposição ao governo Cid. Nesta terça-feira, a bancada do Partido Social Democrático (PSD) na Assembleia Legislativa anunciou apoio ao deputado estadual Zezinho Albuquerque (PSB) como candidato a presidente da Casa. O anúncio foi feito pelo deputado Nenen Coelho. “Pela experiência e conhecimento que o deputado Zezinho acumula no Poder Legislativo, o partido tomou esta decisão de forma coesa”, afirmou.

Heitor e JJ já apoiam
O anúncio feito pelo PSD dá continuidade à sequência de apoios à pré-candidatura de Zezinho Albuquerque à presidência da Assembleia. Na semana passada, os deputados Heitor Férrer (PDT) e João Jaime (PSDB) também tornaram público o apoio ao deputado do PSB para o cargo.

Leia ainda:
Autonomia em xeque: Ex-presidente da Assembleia diz que é Cid Gomes quem define nome para o comando do Legislativo estadual

Eclética
O próximo passo é discutir a composição da Mesa Diretora da Assembleia. Na segunda-feira (19), o governador Cid Gomes, presidente estadual do PSB, adiantou que é a favor da formação de uma Mesa Diretora que contemple diferentes partidos. Além da presidência da Assembleia, estão em jogo as vagas de 1ª e 2ª vice-presidência; 1ª, 2ª, 3ª e 4ª secretarias; além de três “vogais” – que atuam como espécies de suplentes.

“De antemão o que eu defendo é que a gente mantenha a prática sadia, madura, democrática, que já existe na Assembleia há muitos anos, para não dizer há muitas décadas, que Mesas ecléticas em que estejam representados na proporção da sua participação todos os partidos que compõe os 46 deputados da Assembleia Legislativa”, disse o governador.


Curtir: