Corrupção, Partidos
Atualizado em: 08/07/2011 - 10:19 am

Encontro teria sido adiado por conflito de horário com a agenda da prefeita Luizianne Lins, presidente do PT no Ceará.

A executiva estadual do PT no Ceará adiou pera segunda vez a reunião para analisar o relatório da Comissão de Sindicância instalada para apurar as denúncias contra o prefeito afastado de Senador Pompeu, Antônio Teixeira, que continua preso em Fortaleza.

O encontro, marcado para acontecer na noite de quinta-feira (7), foi adiado mais uma vez e novamente a justificativa oficial foi o conflito de horário com a agenda da prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, que também é presidente estadual da legenda. 

Versão
A Comissão de Sindicância ainda não concluiu o relatório que vai sugerir, ou não, a abertura de processo no Conselho de Ética da sigla. Os membros do grupo querem ouvir o prefeito, o que ainda não foi possível, uma vez que Antonio Teixeira continua preso.

Comissão
A Comissão de Sindicância é constituída por Isaac Júnior (prefeito de Mauriti), Antonio Ibiapino (sec. dos Movimentos Populares do PT) e Reudson Souza (sec. de Assuntos Institucionais). Os três tiveram prazo de dez dias para apurar as denúncias e devem apresentar o resultado do trabalho em um relatório.

Leia mais:
Prefeito e vice de Senador Pompeu se entregam à Polícia
Caso Senador Pompeu: PT adota cautela e não fala em expulsão do prefeito foragido da justiça 
Vídeo: PT adota cautela e cria comissão para investigar prefeito de Senador Pompeu
 

Prefeito preso
O prefeito de Senador Pompeu continua preso. Na noite última quarta-feira (29/06), o prefeito afastado de Senador Pompeu, Antônio Teixeira de Oliveira (PT), e o vice, Luis Flávio Mendes Carvalho, entregaram-se à Polícia.

Acusações
Os políticos são acusados de lavagem de dinheiro, desvio de verba pública e crime de peculato no município de Senador Pompeu. Segundo a denúncia, eles fazem parte de um esquema de corrupção que fraudava licitações de obras. No último dia 21 de junho o Tribunal de Justiça do Ceará (TJ-CE), expediu 31 mandatos.

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me