Nacional

PT de Mato Grosso decide expulsar ex-senadora Serys Slhessarenko por infidelidade partidária

A ex-senadora Serys Slhessarenko (PT) pode ser expulsa do PT de Mato Grosso por infidelidade partidária. Foto: Agência Brasil.

A Comissão de Ética do diretório do Partido dos Trabalhadores em Mato Grosso deu parecer favoravel pela expulsão da ex-senadora Serys Slhessarenko. O placar foi de um placar de 3(três) votos a favor da expulsão e 2 (dois) contra.

Acusação
A ex-senadora é acusada de infidelidade partidária nas eleições de 2010. Segundo informações apuradas pelo Comissão de Ética,  Serys teria produzido 750 mil exemplares de propaganda política em que não constava o nome do candidato majoritário do PT de Mato Grosso ao Senado.  

Ainda falta a executiva
A recomendação, aprovado no último sábado (14/05), ainda será analisada pelo diretório estadual do PT. A executiva do partido tem reunião marcada no próximo dia 29 de maio.

Defesa
Antes da votação do relatório produzido pelo Conselho de ética, a ex-senadora terá 10 minutos para se pronunciar e defender sua permanência no partido. Ela terá que convencer parte das 47  pessoas têm direito a voto no diretório petista em Mato Grosso.

Com informações do G1.


Curtir: