Ceará

PT divulga “nota de solidariedade” à Luizianne Lins

PT divulga "nota de solidariedade" à Luizianne Lins
PT divulga “nota de solidariedade” à Luizianne Lins

A Executiva Estadual do Partido dos Trabalhadores, no Ceará, divulgou nota à imprensa em que manifesta solidariedade à ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, sobre a condenação do Tribunal Regional Eleitoral que a tornou inelegível por oito anos. A petista foi condenada pela demissão em massa de servidores, em 2012, que teriam se negado a trabalhar em prol da candidatura de Elmano de Freitas para a Prefeitura de Fortaleza. 

Leia aqui:
Luizianne Lins fica inelegível por oito anos, após decisão da Justiça Eleitoral
“Ela tem todo o direito de ser candidata”, diz Rui Falcão sobre candidatura de Luizianne ao governo do Ceará

Ronivaldo atribui decisão da Justiça contra Luizianne à perseguição política
Inelegível: “Achei que fosse piada”, diz Luizianne sobre decisão do TRE
Luizianne rebela-se e defende candidatura própria do PT

No documento, o PT diz que Luizianne “está sendo vítima de uma decisão injusta, infundada e sem provas” e que a petista  “é uma mulher idônea, cuja trajetória é marcada pela defesa da justiça e da igualdade, e seus oito anos de gestão à frente da Prefeitura de Fortaleza foram pautados pela transparência das ações”.

Na integra
Leia, abaixo, a nota do PT sobre a ex-prefeita de Fortaleza.

“O Partido dos Trabalhadores (PT) se solidariza com a ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins, que está sendo vítima de uma decisão injusta, infundada e sem provas, felizmente apenas em primeira instância na Justiça Eleitoral do Estado, que claramente tem o objetivo de confundir a opinião pública sobre a imagem dessa militante histórica do partido. Luizianne é uma mulher idônea, cuja trajetória é marcada pela defesa da justiça e da igualdade, e seus oito anos de gestão à frente da Prefeitura de Fortaleza foram pautados pela transparência das ações.

No que concerne especificamente à sua conduta como prefeita durante as eleições de 2005, 2008, 2010 e 2012, Luizianne Lins foi enfática em defender a boa conduta dos agentes públicos, tanto secretários, coordenadores, cargos comissionados, terceirizados e servidores municipais em geral. Como medidas concretas, a ex-prefeita publicou cartilhas eleitorais para garantir a transparência no uso dos recursos e bens públicos, com as ações permitidas ou vedadas pela Lei Eleitoral. Luizianne Lins criou ainda uma Ouvidoria Eleitoral na Prefeitura para receber e encaminhar ocorrências.

Portanto, é inaceitável vincular a ex-prefeita a eventuais movimentações de pessoal, realizadas por empresas terceirizadas durante a eleição de 2012, visto que sua conduta como gestora foi sempre no sentido de garantir a legalidade das ações e a liberdade de escolha do/a cidadão premissa que marcou toda a sua vida pública.

PT Ceará. Subscreve: PT Fortaleza”


Curtir: