Nacional

PT insistirá em ao menos cinco pontos da regulação da mídia

PT insistirá em ao menos cinco pontos da regulação da mídia
PT insistirá em ao menos cinco pontos da regulação da mídia

Embora o governo já tenha sinalizado que vai produzir sua própria versão de uma proposta de regulação dos meios de comunicação, o PT avisa que pretende bater o pé para que o projeto mantenha pelo menos cinco pontos que hoje integram a proposta do partido para a democratização da mídia.

Pontos
São eles: a exigência de produção de programação própria e conteúdo regional nas emissoras que atuam como retransmissoras de grandes redes de TV; a proibição do aluguel de emissoras por terceiros, como igrejas e empresas em geral; a restrição da propriedade de meios de comunicação por políticos; o fim da propriedade cruzada nos meios de comunicação; e a garantia de independência a um Conselho Nacional de Comunicação.

Mudança de planos
Segundo o secretário nacional de Comunicação do partido, José Américo Dias, o PT endossa outros pontos já discutidos no Fórum de Democratização dos Meios de Comunicação, mas entende que será preciso desenhar um projeto com viabilidade de aprovação no Congresso.

Com informações do portal IG


Curtir: