Ceará

PV quer retornar ao governo Dilma Rousseff

Eduardo Jorge, que disputou a presidência pelo PV, ficou em quinto colocado na eleição
Eduardo Jorge, que disputou a presidência pelo PV, ficou em quinto colocado na eleição

O PV, partido que teve como candidato presidencial o ex-deputado Eduardo Jorge, articula sua volta ao governo da presidente Dilma Rousseff (PT). A legenda negocia o comando do Ministério do Meio Ambiente.

O principal nome para comandar a pasta é o deputado federal do Maranhão Zequinha Sarney, filho do senador do Amapá e ex-presidente da República José Sarney (PMDB). As informações são do Poder Online (iG).

Aécio
Na eleição presidencial deste ano, o partido declarou apoio, no segundo turno, à candidatura do senador de Minas Gerais Aécio Neves (PSDB) por ter mais “sintonia” com o projeto tucano do que com o modelo de governo da presidente candidata (agora reeleita) Dilma Rousseff (PT).

Críticas
No começo de outubro, o candidato do PV Eduardo Jorge, que tinha como base a pauta ambiental, não poupou crítica ao PT num evento em apoio ao projeto tucano. “O governo do PT é praticamente uma aversão ao equilíbrio ecológico e desenvolvimento ambiental”, declarou.

Acordo
Nos últimos dias, a cúpula do PV deu sinais que pretende amarrar o acordo. Nos bastidores, a entrada no governo já tida como certa, faltando apenas alguns detalhes. Eduardo Jorge teve 630 mil votos nesta eleição.

Com informações das Agências


Curtir: