Bastidores
Atualizado em: 22/06/2011 - 8:38 pm

Eliane Novais responsabiliza o "clã dos Ferreira Gomes" por racha no PSB. Foto: Paulo Rocha/Agência AL

O racha do PSB foi tema de debate acirrado, pelo segundo dia seguido, na Assembleia Legislativa. A deputada  Eliane Novais voltou a afirmar, nesta quarta-feira (22), que é uma pré-candidata da sigla na disputa pela prefeitura de Fortaleza em 2012, contrariando a informação divulgada pelo Diretório Municipal do partido. 

“Não podemos ser perseguidos e nem tratados dessa forma”, reclamou a parlamentar, ao citar a disputa, com o que chamou de “clã dos Ferreira Gomes”.

Leia mais:
Eliane reclama de “perseguição” e Sarto rebate: a deputada “confunde alhos com bugalhos” 
Eliane critica os “Ferreira Gomes” e diz que não quer apoio de Ciro em 2012 
Cid Gomes reúne PSB para discutir estratégias eleitorais de 2012 
Eliane Novais diz que definição sobre candidatura em Fortaleza cabe ao PSB municipal 
Eleições em Fortaleza: Racha no Diretório Municipal do PSB
PSB debate sucessão municipal de Fortaleza 

“Clã”
Eliane Novais deixou claro que não vai desistir, apesar de lamentar toda a polêmica. A parlamentar afirmou que a discussão foi provocada “pelo clã dos Ferreira Gomes” e que o grupo de socialistas ligados a Sérgio Novais, presidente do PSB em Fortaleza, está unido.

” O que acontece, na verdade, é que o clã Ferreira Gomes é o responsável por todo esse processo que tem acontecido aqui. E isso nós entristece, até porque fómos aliados desde a primeira eleição de Cid Gomes”, disse Eliane para depois concluir afirmando que “portanto, não podemos ser perseguidos e nem tratados dessa forma”, reclamou.

Cidistas
Aliados do governador Cid Gomes, como o deputado estadual José Sarto (PSB), por exemplo, afirmam que Eliane Novais tem o direito de defender sua pré-candidatura para a disputa pela prefeitura de Fortaleza em 2012, mas dizem que ela não está autorizada a falar pelo partido.

“O nome dela é um nome natural.  Outros nomes do partido são nomes naturais. Mas daí a  evocar a homologação do partido, aí é um grande equívoco, pra ser generoso, não dizer que é mentira, é um grande equívoco”, alfinetou José Sarto.

Apoio
Mas Eliane Novais ganhou aliados no debate. O deputado Roberto Mesquita, do Partido Verde, disse que os parlamentares da base de apoio do governador também têm o direito de manifestar a intenção de concorrer a prefeitura, mesmo que isso contrarie Cid Gomes.

“O governador, que faz uma boa gestão em determinadas áreas, imagina que todo o Ceará gira em torno dele e, na verdade, é exatamente o contrário. Nós queremos que aja participação de todas as pessoas”, disparou Mesquita.

No ataque
Do outro lado, os aliados dos “Ferreira Gomes” partiram para o ataque. Perboyre Diógenes, do PSL, disse que Eliane Novais está atendedo a interesses da prefeita Luizianne Lins (PT) para atrapalhar a articulação política do governador e “conspirar” contra Cid Gomes.

Eliane Novais rebateu as críticas afirmando que Luizianne Lins não pediu nada a ela ou ao presidente do PSB municipal, Sérgio Novais.

“Não existe isso. Eles querem embaralhar a opinião pública”, enfatizou Novais.

Acompanhe a reportagem exibida no Jornal Jangadeiro:

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me