Bastidores

Rede diz que pediu ao STF para afastar Moreira Franco da Secretaria-Geral

Rede diz que pediu ao STF para afastar Moreira Franco da Secretaria-Geral. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O partido Rede Sustentabilidade informou ter pedido ao Supremo Tribunal Federal (STF) na sexta-feira (3) para afastar do cargo o novo ministro da Secretaria-Geral, Wellington Moreira Franco (PMDB-RJ).

O peemedebista é citado em delação da Odebrecht no âmbito da Operação Lava Jato e, por ter se tornado ministro, passou a ter o chamado foro privilegiado e, a partir de agora, só poderá ser investigado com autorização do Supremo Tribunal Federal.

Moreira Franco tomou posse na manhã desta sexta, em uma cerimônia no Palácio do Planalto comandada pelo presidente Michel Temer.

Intenção
Questionado sobre o assunto após o evento, o ex-governador do Rio de Janeiro disse que a nomeação dele não teve outra intenção que não a de “fortalecer” a Presidência da República. “Não há nenhuma tentativa de resolver crise política”, diz Moreira Franco sobre nomeação

Artimanha
Ao informar em nota que entrou com a ação no STF, a Rede argumentou que a nomeação de Moreira Franco “trata-se de uma artimanha” de Michel Temer para “proteger” o novo ministro das investigações.

Com informações do G1


Curtir: