Senado

Renan trocou ‘pizza’ na CPI de Cachoeira por votos, diz opositor

Renan trocou ‘pizza’ na CPI de Cachoeira por votos, diz opositor
Renan trocou ‘pizza’ na CPI de Cachoeira por votos, diz opositor

Candidato azarão na disputa pela presidência do Senado, o estreante Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), 40, diz que o oponente Renan Calheiros (PMDB-AL), 57, favorito na disputa, trabalhou pela “pizza” na CPI de Cachoeira em troca de votos na eleição marcada para a próxima sexta.

CPI
Em dezembro, a comissão de deputados e senadores terminou sem indiciar nenhum suspeito de se envolver com o empresário Carlinhos Cachoeira, condenado em primeira instância sob acusação de liderar esquema de jogos ilegais e corrupção.

Senador é cobrado por denúncia ao Supremo
Senadores da oposição cobraram esclarecimentos de Renan Calheiros (PMDB-AL) sobre denúncia encaminhada na última sexta-feira pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, ao STF (Supremo Tribunal Federal) contra o peemedebista, candidato à presidência da Casa.

Leia aqui:
Procurador Geral denuncia Renan Calheiros no caso dos bois de Alagoas

“Fato positivo [isso] não é. Esse é um fato que merece explicação”, afirmou o senador José Agripino (DEM-RN). A denúncia diz respeito a supostas notas frias apresentadas por Renan para negar que teve despesas pagas por um lobista. Como o inquérito tramita sob segredo de Justiça, a Procuradoria não informou quais crimes foram imputados ao peemedebista.

Da Folha.com


Curtir: