Greve

Reunião entre Cid Gomes e policiais civis é cancelada

Uma reunião entre o Sindicato dos Policiais Civis e o governador Cid Gomes, prevista para esta sexta-feira (2), foi cancelada. Segundo o secretário geral do sindicato, Hernani Dantas, um assessor disse que o governador teve que fazer uma viagem às pressas para Brasília e não poderia atender o grupo.

De acordo com Hernani, na próxima segunda-feira (5), o mesmo assessor deve entrar em contato com o sindicato para agendar um novo encontro com Cid.

Protesto nos sinais
Policiais civis do Ceará que tiveram os salários reduzidos pelo Governo vão às ruas para pedir dinheiro, segundo a presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Ceará (Sinpoci), Inês Romero. Aa decisão foi tomada em assembleia e tem objetivo de ajudar os cerca de 199 inspetores e escrivães que tiveram desconto de 60% nos vencimentos pagos.

A intenção é percorrer ruas, sinais, praias e praças do Estado, pedindo dinheiro a população. “Esses policiais que tiveram o corte não podem sair prejudicados. Como eles vão comer, pagar as contas, sustentar a família?”, diz Inês. A previsão, segundo ela, é de que a ação comece a partir da próxima semana. “O Sindicato está preparando os materiais para divulgar, depois vamos às ruas”.

Greve
Os policias civis cearenses retomaram a greve no dia 15 de outubro. A paralisação dos inspetores e escrivães havia começado em julho e foi suspensa em agosto. Haveria um acordo com o Governo, mas as negociações não evoluíram e os policiais retomaram o movimento.

Leia mais:
Greve: Policiais Civis cruzam os braços a partir deste sábado
Justiça decreta ilegalidade da greve dos policiais civis no Ceará

Greve dos policiais civis continua e apenas 22 delegacias funcionam nesta terça

Redação Jangadeiro Online

One thought on “Reunião entre Cid Gomes e policiais civis é cancelada

  1. Conversa fiada. Mais uma vez governador engana servidores. Ele foi para Brasília, desde ontem, pois ocorre o Congresso Nacional do PSB. Este congresso ja estava agendado há muito tempo. Ou seja, não bastasse o golpe que deu nos professores, agora dar nos políciais civis.

Comments are closed.