Fortaleza

Roberto Cláudio anuncia medida para melhorar atendimento nos postos de saúde

Roberto Cláudio vem cumprindo meta de "andar pela cidade" e visita postos de saúde da Capital.Foto: Cristiano Pantanal
Roberto Cláudio vem cumprindo meta de “andar pela cidade” e visita postos de saúde da Capital.Foto: Cristiano Pantanal

O prefeito Roberto Cláudio anunciou uma medida para tentar garantir a melhoria na qualidade do atendimento e a ampliação no número de profissionais nos postos de saúde de Fortaleza. A partir deste ano de 2013, a Prefeitura está aderindo ao PROVAB – Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica do Ministério da Saúde.

O anúncio foi feito nesta sexta-feira (18/01), logo após audiência entre o prefeito, a secretária de Saúde de Fortaleza, Socorro Martins, e o secretário de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério, Luiz Odorico Monteiro de Andrade.

Programa
O PROVAB surgiu da necessidade de provimento e fixação de profissionais em áreas de maior vulnerabilidade e, como ocorre em vários países, médicos, enfermeiros e cirurgiões-dentistas recém formados recebem incentivos para trabalharem nessas localidades por meio de uma bolsa.

Estimativa
A estimativa do Ministério da Saúde é que 3,7 mil vagas sejam abertas em todo o País para preenchimento, já a partir do mês de fevereiro, sendo 2.000 vagas para médicos, 1.000 vagas para enfermeiros e 700 vagas para dentistas, nos municípios e localidades com déficit de profissionais de saúde. “Esse é um primeiro passo e vamos buscar todos os mecanismos que nos permitam ampliar e melhorar a qualidade do atendimento na atenção básica da saúde da nossa população”, afirmou o prefeito.

Leia ainda:
Prefeitura de Fortaleza confirma desvio de recursos da área da saúde na gestão Luizianne Lins

Agenda
Roberto Claudio mantém na sua agenda diária de trabalho a visita aos postos de saúde da Capital. “Meu compromisso é concluir até o mês de fevereiro a visita a todas as unidades para ver “in loco” a situação das nossas unidades de saúde e anunciar, no prazo máximo de 90 dias, o conjunto de ações que iremos implementar para garantir um atendimento digno à nossa gente no sistema municipal de saúde”, finalizou o prefeito.


Curtir: