Fortaleza

Roberto Cláudio anuncia obras para Saúde, promete plantar 500 árvores no Cocó e fala sobre base aliada

Roberto Cláudio anuncia obras para Saúde, promete plantar 500 árvores no Cocó e fala sobre base aliada
Roberto Cláudio anuncia obras para Saúde, promete plantar 500 árvores no Cocó e fala sobre base aliada

O prefeito Roberto Cláudio anunciou, nesta segunda-feira (22), a reforma de 56 postos de saúde de Fortaleza. A proposta, além de reforma estrutural, contempla aquisição de equipamentos médicos sofisticados, ampliação de consultórios, salas de coletas de exames, adequação das salas de esperas, dentre outros.

Etapas
O prefeito informou, ainda, que a obra será dividida em duas etapas. Segundo RC, 28 postos terão as obras iniciadas na próxima semana e, em outubro, outros 28 serão reformados. “A ideia não é interromper os trabalhos de forma mais grave, mas garantir que, até dezembro, todas as unidades estejam reformadas e ampliadas”, justificou.

Médicos
Serão contratados médicos pra suprir a deficiência nas unidades hospitalares. Roberto Cláudio afirmou que, neste primeiro semestre, foram contratados 112 novos médicos. “Iremos contratar mais médicos para completar as escalas destes postos”, prometeu. A ideia, segundo ele, é iniciar o ano que vem com 117 postos. Hoje, existem 92 unidades em Fortaleza.

500 novas árvores
Durante o anúncio das obras na saúde, o prefeito informou que a Prefeitura resolveu replantar 500 árvores no Parque do Cocó, para repor as árvores cortadas do parque ecológico para construção dos viadutos no cruzamento das vias Engenheiro Santana Júnior e Antônio Sales. Ele, porém, não soube informar os gastos com as mudas de plantas, mas se dispôs a repassar a informação posteriormente.

Leia ainda: 
Justiça suspende construção dos viadutos no Cocó
Ciro critica atuação de juiz que suspendeu construção de viadutos no Cocó
Estudantes de Arquitetura da UFC lançam concurso de alternativas para obra do viaduto do Cocó

Base Aliada
Questionado sobre o relacionamento com a base aliada, Roberto Cláudio disse que procura manter o diálogo e, portanto, desconhece qualquer mal-estar. “As portas do meu gabinete estão abertas, pois procuro manter o respeito com o Parlamento”, enfatizou.


Curtir: