ALEC

Roberto Cláudio renuncia ao madato de deputado e Assembleia volta ao recesso parlamentar

Roberto Cláudio renuncia ao madato de deputado e Assembleia volta ao recesso parlamentar. Foto: Kézya Diniz

No terceiro e último dia de sessão do período extraordinário da Assembleia Legislativa, realizado nesta sexta-feira (28), os deputados estaduais limparam a pauta de votações e o presidente da Casa, prefeito eleito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PSB), renunciou ao mandato de deputado estadual para assumir a administração do município no próximo dia 1º de janeiro de 2013. Agora os deputados voltam ao recesso parlamentar até do dia 1º de fevereiro.

Votações
Os deputados aprovaram a readequação da tabela de reajuste salarial dos servidores de nível médio da saúde. A matéria incorpora 14 gratificações aos salários dos servidores. Também foi aprovada uma gratificação para os plantões de finais de semana.

315 Vagas
A Assembleia ainda aprovou a mensagem de autoria do Poder Executivo que cria 315 empregos públicos na Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece). As vagas seão preenchidas através de concurso público.

Distribuição
Das 315 vagas criadas, 240 serão destinadas para profissionais de nível técnico, que vão desempenhar função de técnico administrativo operacional, e 75, para profissionais de nível superior, distribuídas em cargos de advogado (8 vagas); analista químico (9); tecnólogo (10); arquiteto (1); biólogo (2); analista de gestão (19); engenheiro (25); e médico (1). Com a criação desses empregos, o quadro de servidores efetivos da Cagece passará dos atuais 1.138 para 1.453.

Despedidas
Após as votações, o prefeito eleito de Fortaleza e presidente da Assembleia Legislativa, Roberto Cláudio (PSB), fez um discurso de despedida e renunciou ao cargo de deputado estadual. Na ocasião, o socialista agradeceu aos colegas que estiveram ao seu lado durante os dois anos à frente do legislativo.

Fortaleza
Fortaleza também falou sobre os desafios que deve enfrentar na prefeitura de Fortaleza. “Nada será feito rapidamente, nada será feito pela vontade de uma só pessoa”, admitiu RC. O prefeito eleito também ressaltou que está pronto para “conversar e dialogar sem preconceito e sem rancores” com os diferentes segmentos da sociedade e representantes de todos os partidos políticos para promover a “união em torno de uma nova Fortaleza”.

Campos Sales
Além de Roberto Cláudio, quem também deixou a Assembleia Legislativa foi o deputado estadual Moésio Loiola (PSD), prefeito eleito de Campos Sales. Depois de 26 anos como parlamentar, Loiola deixa a Casa para assumir a administração do município.

Efetivados
Com a saída de Roberto Cláudio e Moésio Loiola, serão efetivados nas vagas os deputados Danniel Oliveira (PMDB) e professor Teodoro (PSD).

Seca
O José Albuquerque já anunciou que a Assembleia retoma os trabalhos em fevereiro com a missão de mobilizar a sociedade para ajudar as vítimas da seca no interior do Ceará. “Vamos conversar com os deputados para pedir o apoio da sociedade e de grandes empresários para qu possamos arrecadar donativos para a população que sofre com a seca”, disse.

Sucessor
O deputado José Albuquerque (PSB) foi eleito no início de dezembro como o próximo presidente da Assembleia Legislativa, mas a posse só acontece em fevereiro, segundo o regimento interno da AL. Antes disso, com a renuncia de Roberto Cláudio, quem assume o comando do Legislativo é o atual primeiro vice-presidente, o deputado estadual José Sarto (PSB).

Leia aqui: Por unanimidade, Zezinho Albuquerque é eleito presidente da Assembleia Legislativa


Curtir: