Eleições 2014

Segunda parcial: Candidatos ao Senado gastam R$ 4,2 milhões; Tasso lidera a arrecadação

Tasso e Mauro Filho apresentaram os maiores gastos na prestação de contas
Tasso e Mauro Filho apresentaram os maiores gastos na prestação de contas

Os gastos dos candidatos ao Senado no Ceará – Geovana Cartaxo (PSB) Mauro Filho (Pros), Raquel Dias (PSTU) e Tasso Jereissati (PSDB) – somam R$ 4.207.323,23. No que diz respeito a arrecadação, o candidato tucano foi o que mais conseguiu reunir doações somando R$ 3,9 milhões em contribuições para a campanha. 

As informações fazem parte da segunda prestação parcial de contas entregue à Justiça Eleitoral e estão disponíveis para consulta pública através do site do Tribunal Superior Eleitoral.

Leia também: 
Candidatos ao governo do Ceará arrecadam R$ 15,9 milhões; Os gastos já somam R$ 18,3 milhões

Mauro
O candidato ao Senado, Mauro Filho (Pros), arrecadou R$ 255.090,00. As despesas mostram que o candidato gastou mais do que arrecadou, somando R$ 818.570,25. As maiores despesas estão com a “produção de material publicitário, transporte ou deslocamento e pesquisa eleitoral”.

Tasso
Já o candidato Tasso Jereissati (PSDB) teve a receita divulgada em R$ 3.921.007,01. O próprio Tasso transferiu cerca de R$ 750 mil para sua campanha. Já as despesas chegaram a R$ 1.403.531,41. As maiores movimentações foram com eventos de promoção de campanha, publicidades diversas e produção de programas eleitorais, além de carros de som.

Geovana e Raquel
Geovana Cartaxo, candidata do PSB, gastou R$ 15.112,22 e arrecadou R$ 15.332.22. A candidata Raquel Dias teve receita de R$ 15.894,00 e despesa declarada no mesmo valor.

Previsão de gastos
O Ceará terá a quarta campanha mais cara do Brasil com gasto total de R$ 140 milhões. O Estado deve ficar atrás apenas de São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal. Em 2010, os candidatos ao governo do Ceará gastarão, juntos, R$ 120 milhões.


Curtir: