ALEC

Seguro por uma liminar do TSE, Carlomano Marques volta à tribuna da AL

 

Seguro por uma liminar do TSE, Carlomano Marques volta à tribuna da AL. Foto: Kézya Diniz
Seguro por uma liminar do TSE, Carlomano Marques volta à tribuna da AL. Foto: Kézya Diniz

O deputado Carlomano Marques (PMDB) voltou ao plenário da Assembleia Legislativa na manhã desta terça-feira (19) depois de mais de dois meses longe do parlamento. O parlamentar teve o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral por compra de votos, mas garantiu a permanência no Legislativo por força de uma liminar do Tribunal Superior Eleitoral.

O Beijo
O parlamentar usou os seis tempos de 15 minutos do 1º Expediente, cerca de 1h30 no total, para fazer um desabafo e defender o mandato. Ao ocupar a tribuna, Carlomano Marque beijou o púpito no Plenário ao afirmar que Assembleia “é a minha casa”. O peemedebista também interrompeu o discurso para abraçar a filha que o acompanhou até a AL.

Discurso
O parlamentar iniciou o discurso lembrando sua trajetória ao longo de sete mandatos de deputado estadual e disse que as provas contra ele são ilegais. Segundo Carlomano Marques, o Supremo Tribunal Federal não aceita como provas de um crime gravações feitas sem a autorização da justiça.

Ele disse ainda que a imprensa forjou um flagrante e que em nenhum momento foi beneficiado pela compra de votos.


Curtir: