Nacional
Atualizado em: 07/06/2011 - 8:38 pm

Senador Gleisi Hoffmann - Agência Senado

A senadora Gleisi Hoffmann aceitou o convite para assumir a Casa Civil da Presidência da República com a tarefa de priorizar a gestão dos projetos do governo. Em primeira entrevista coletiva, agora à noite, ela disse que a presidente Dilma Rousseff falou que a escolheu porque ela preenche esse perfil.

“A presidenta Dilma quer o funcionamento da Casa Civil voltado à área de gestão e ao acompanhamento de projetos e processos. Tive a oportunidade de trabalhar com ela em vários projetos quando fui diretora financeira de Itaipu. Ela era ministra de Minas e Energia. A presidenta disse que o meu perfil é o que ela quer na Casa Civil”, disse Gleisi.

Na defesa de Palocci
A nova ministra lamentou a saída de Antonio Palocci do cargo e defendeu o ex-ministro das acusações de tráfico de influência e enriquecimento ilícito. “Para nós também é um momento triste. Nós sabemos do relatório da Procuradoria-Geral da República, que colocou de maneira clara a situação do ministro, que não há nenhum problema. É uma pena. É um companheiro de partido e de caminhada.”

Gleisi foi diretora financeira de Itaipu Binacional por quatro anos e trabalhou na transição do primeiro governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ela é advogada e foi eleita no ano passado para seu primeiro mandato eletivo, como a primeira senadora do Paraná. No PT, faz parte da corrente “Construindo um Novo Brasil”.

Leia mais:
A Casa caiu: Palocci pede demissão
Aliados partem contra Palocci e PGR arquiva denúncia
Revista revela que imóvel alugado por Palocci está em nome de “laranja”
Presidente da Câmara suspende provisoriamente convocação de Palocci 

Da Agência Brasil

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me