Fortaleza

Servidores de Fortaleza fazem ato unificado contra “reajuste zero”

Servidores de Fortaleza fazem ato unificado contra “reajuste zero”. Foto: Arquivo/Sindifort

Representantes dos sindicatos que compõem a Frente das Entidades Representativas dos servidores e empregados públicos do Município de Fortaleza (FERSEP-FOR) realizam ato unificado, na segunda-feira, dia 12 de junho, em protesto contra a decisão do prefeito Roberto Cláudio de não conceder reajuste salarial ao funcionalismo municipal em 2017.

A atividade será iniciada às 8 horas, com concentração na Praça do Ferreira, de onde os trabalhadores sairão em caminhada até o paço municipal.

Composta do nove sindicatos e três associações, a FERSEO-FOR foi articulada com as diversas entidades representativas dos servidores municipais com o objetivo de unificar as bandeiras gerais e mobilizar o conjunto dos servidores e empregados públicos de Fortaleza.

“Ataques”
A Frente avalia que a mobilização é necessária “em função do momento de ataques aos direitos e conquistas da classe trabalhadora, reforma da previdência, reforma trabalhista, terceirização, limite dos gastos públicos, entre outros”.

Frente
Integram a FERSEO-FOR: SINDISAÚDE (trabalhadores na saúde), SINDIURB (servidores da Urbfor), SINDIFAM (fazendários), SINTSAF (servidores nível superior da saúde), SENECE (enfermeiros), SINDODONTO (odontólogos), SINDIGUARDA (guarda municipal), DINDIAUDIF (auditores da Sefin), SINASCE (agentes de saúde e endemias), AFIM (Associação dos Fiscais do Município), ASSEC (Associação dos Enfermeiros) e ASIMFOR (Associação dos Aposentados Fazendários).


Curtir: