Ceará

Servidores do Detran podem paralisar atividades nos próximos dias

Servidores do Detran podem paralisar atividades nos próximos dias

Servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran/CE) deliberaram, nesta segunda-feira (5), em Assembleia Geral, que a categoria poderá paralisar os trabalhos nos próximos dias caso não tenha mudanças na distribuição de vagas do concurso público anunciado pelo governador Camilo Santana.

A possível extinção do quadro administrativo do órgão está causando um desconforto nos demais setores do departamento. Segundo a presidente da entidade, Eliene Uchoa, cerca de 300 servidores entrarão com o pedido de aposentadoria nos próximos meses, deixando vagas ociosas nos quadros funcionais burocráticos, criados com a construção e implantação do Plano de Cargos e Carreiras (PCC).

“O PCC não completou nem dois anos e já esta ameaçado. O concurso público vai contemplar somente o setor operacional de trânsito, excluindo áreas administrativas, serviço social e médica. O governador precisa saber como estão elaborando o edital do certame”, declarou a presidente do Sindetran/CE.

Diálogo
Nas últimas semanas, a diretoria do Sindetran/CE debateu o assunto com o secretário das Cidades. Em seguida, conforme pedido do gestor, a pauta foi encaminhado ao superintendente do órgão, Igor Ponte, que ficou de analisar a proposta de dividir as vagas entre operacional administrativo, agente de trânsito e transportes, assistente social e médico.

Abordagem
A diretoria também abordou o governador em um evento na periferia de Fortaleza, na ocasião, segundo a assessoria do Sindetran, o executivo prometeu receber o sindicato para discutir os pontos reivindicadas, a solicitação de audiência foi protocolada no Palácio da Abolição no dia 30 de maio passado, mas ainda não houve retorno.


Curtir: