Greve
Atualizado em: 20/06/2011 - 1:45 pm

Peritos e auxiliares da Perícia Forense do Ceará (PEFOCE) paralisaram as atividades nesta segunda-feira (20). Os servidores estão em “estado de greve” desde maio.

Servidores dizem aguardar resposta de Ivo Gomes, Chefe de gabinete do govenador do Ceará, Cid Gomes

As paralisações haviam sido interrompidas após reunião com Ivo Gomes, Chefe de gabinete do governador do Ceará, Cid Gomes, que teria pedido aos manifestantes um prazo de dez dias para encaminhar as negociações ao Secretário de Segurança Pública e ao Governador do Estado, Cid Gomes.

Sem resposta
No entanto, os peritos reclamam que o prazo venceu sem que Ivo Gomes desse qualquer resposta. Desta forma, os profissionais decidiram, como última tentativa de negociação, cumprir o calendário de paralisações na manhã desta segunda.

Greve
Segundo os servidores, caso o governo não se manifeste com uma proposta que atenda as rivindicações da categoria, o próximo ato será a convocação de uma assembleia que poderá resultar em greve geral.

Veja o vídeo: No metrô: Cid Gomes faz apelo para que servidores evitem greve

Adesão
Nas duas paralisações anteriores, 90% da categoria aderiu ao protesto segundo o PEFOCE. Diante do impasse nas negociaçõs, os sindicalistas avaliam que os servidores estão caminhando para sua primeira greve geral.

Leia ainda: Servidores estaduais articulam greve para o fim do mês

Consequências
Se isso acontecer, serviços como emissão de carteiras de identidade, laudos periciais e laudos de medicina legal ficarão comprometidos.

Redação Jangadeiro Online, com informações do MOVA-SE

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me