Banheiros Fantasmas, Corrupção, Denúncia, Primeiro Plano
Atualizado em: 24/08/2011 - 8:17 pm

“Existe um escândalo dentro do escândalo. O primeiro escândalo é o dinheiro que desaparece, e o outro é a impossibilidade de que essa situação seja apurada. É incompreensível que a Assembleia Legislativa não possa fazer uma CPI, é incompreensível que não haja uma fala, um depoimento do governador, extremamente forte para combater isso. Antigamente se falava da indústria da seca, e hoje se fala da indústria de tudo, pois tudo serve para que haja corrupção, até banheiros.”

A opinião é do sociólogo André Haguette, que participou nesta quarta-feira (24) da sequência do programa Primeiro Plano Especial sobre o caso dos banheiros fantasmas no Ceará, que também contou com a presença da deputada estadual Eliane Novais (PSB).

Veja Também:
Primeiro Plano: corrupção está no colo do Governo do Ceará, afirma Heitor Ferrer
Vídeo: Primeiro Plano, com deputado Heitor Férrer e o promotor Marcelo Pires

Primeiro Plano cm André Haguette e Eliane Novais

O programa foi transmitido ao vivo pelo portal Jangadeiro Online e no canal 37 da NET, com a participação de internautas e ouvintes da rádio Jangadeiro FM. O Primeiro Plano Especial também é exibido na TV Jangadeiro, logo após o Jornal do SBT.

Presença de Camilo na secretaria “constrange investigação”
Reforçando as críticas sobre a falta ações enérgicas no caso dos banheiros fantasmas, Eliane Novais afirmou que o pedido de afastamento de Camilo Santana (PT) do comando da Secretaria das Cidades enviado ao governador tem embasamento técnico, sem motivação eleitoral.

“Eu como servidora pública já participei de sindicâncias e sei que a pressão política que a gente sofre, o assédio moral. E ali estão os servidores a fazer sindicância com o secretário na casa. Então, é nesse sentido que a gente pede o afastamento, para proteger os servidores que queiram se pronunciar. Se não, fica um constrangimento.”

A fala da parlamentar foi uma reação às críticas de que estaria utilizando para se beneficiar eleitoralmente. Eliane ainda ressaltou que é seu papel como deputada fiscalizar as ações do Executivo.

Dilma, Cid e a imprensa
André Haguette comparou a postura do governo estadual com o federal, diante das denúncias de corrpução.

“A nossa presidenta pelo menos se manisfestou e tem agido, constrangida, porque arrisca, o que é triste, perder a sua maioria no Congresso Nacional. Mas aqui, o nosso governador não se manifesta. Nada acontece. Ainda bem que temos a imprensa”

Para o sociólogo, a falta de oposição ao governador Cid Gomes contribui para a incapacidade de combater escândalos, pois “a democracia pressupõe a harmonia entre os poderes, mas também a fiscalização de um poder pelo outro”

TCE e Procap
Nesta quinta-feira (25), vai ao ar o terceiro e último programa especial sobre o caso dos banheiros fantasmas, com a participação do presidente do Tribunal de Contas do Estado, Valdomiro Távora, e do promotor Luiz Alcântara, que atua na Procap.

Acompanhe a reportagem do Jornal Jangadeiro:

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me