Greve

Sindicato confirma protesto dos policiais civis em sinal de trânsito

Polícia Civil aguarda encontro com Cid Gomes para avançar na negociação pelo fim da greve

O Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Ceará (Sinpoci) confirmou uma manifestação para a próxima quarta-feira (7), em Fortaleza. De acordo Francisco Xavier de Farias Junior, vice-presidente do sindicato, os policiais irão até um sinal de trânsito pedir dinheiro a motoristas em protesto ao corte dos salários confirmado pelo governador Cid Gomes.

Surpresa
Xavier informou que o local da mobilização não será revelado por questões estratégicas. Os servidores devem se reunir às 7h na sede do sindicato e seguir em caminhada até o local definido. Segundo a agenda do Sinpoci, a partir das 16h deve começar uma nova caminhada, desta vez em direção à Feirinha da Beira-Mar.

O sindicato afirma que os movimentos são pacíficos e têm por objetivo sensibilizar o Governo a respeito de algumas exigências dos servidores, como reajuste salarial e melhoria nas condições de trabalho.

Corte
Na última terça-feira (29/11), o governador Cid Gomes (PSB) confirmou que o Estado vai cortar o ponto dos policiais civis que aderiram a greve da categoria. Questionado sobre essa espécie de punição contra os grevistas, Cid Gomes disparou: “Sim, claro, claro. Quem faz uma greve tem que saber que está fazendo uma medida extrema e a medida extrema requer também pelo lado do governo atitudes que sejam rigorosas e, no caso, é o corte do ponto”, disse o governador ao lado do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, durante inauguração do presídio em Pacatuba.

Leia mais:
Governador confirma corte em salários de policiais grevistas  
Assembleia geral discute rumos da greve dos Policiais Civis nesta quinta 
Policiais civis em greve protestam na Assembleia Legislativa
 

Greve
Os policias civis cearenses retomaram a greve no dia 15 de outubro. A paralisação dos inspetores e escrivães havia começado em julho e foi suspensa em agosto. Haveria um acordo com o Governo, mas as negociações não evoluíram e os policiais retomaram o movimento.

Redação Jangadeiro Online, com informações do Sinpoci