Bastidores

Solidariedade não terá candidatura própria em Fortaleza

Genecias diz que tem dialogado com diferentes lideranças sobre as eleições
Genecias diz que tem dialogado com diferentes lideranças sobre as eleições

O Partido Solidariedade não terá candidatura própria à Prefeitura de Fortaleza em 2016, conforme adiantou o deputado federal Genecias Noronha, presidente estadual da legenda.

Segundo ele, a sigla tem sido procurada por algumas lideranças e, a partir de agora, discutirá as ideias para decidir sobre uma composição. “Nós somos oposição ao Governo Federal e a nossa composição deve ser com um partido que esteja nessa mesma linha de ação”, frisou.

Diálogo
O parlamentar ressaltou que está conversando com todos os potenciais pré-candidatos à chefia da capital cearense para discutir as estratégias e as conjunturas políticas. Entretanto, não demonstrou preferência por nenhum dos nomes de oposição – os deputados estaduais Heitor Férrer (PSB) e Capitão Wagner (PR) e o deputado federal Vitor Valim (PMDB).

RC
Genecias também não demonstrou tendência em apoiar à reeleição do prefeito Roberto Cláudio, embora elogiando a atual gestão. Entretanto, observou que RC não conta com a simpatia da população, apontando dados de algumas pesquisas divulgadas no ano passado.

Organização
Com relação ao partido, o deputado disse que está organizando para fazer uma “boa base” nas eleições municipais de outubro deste ano. A ideia, segundo ele, é fazer o maior número de prefeitos e vereadores. “Nós estamos nos preparando para fazermos uma boa bancada de vereadores em todo o Ceará e bom número de prefeitos”, salientou.

Com informações do OE


Curtir: