Eleições 2016

“Somos aliados”: Camilo evita eleições, mas reafirma parceira com RC

Sem estipular prazos, o governador disse que “em breve” anunciará sua postura diante da disputa eleitoral deste ano. Foto: Divulgação
Sem estipular prazos, o governador disse que “em breve” anunciará sua postura diante da disputa eleitoral deste ano. Foto: Divulgação

O governador Camilo Santana, integrante do Partido dos Trabalhadores, tem se mostrado cauteloso sobre a posição do partido para a eleição de Fortaleza. Recentemente, o PT Fortaleza definiu a ex-prefeita e deputada federal Luizianne Lins como pré-candidata se posicionando oficialmente contra aliança com o prefeito Roberto Cláudio.

Porém, isso parece não afetar o bom relacionamento com RC. À imprensa, na quinta-feira (02), Camilo voltou a reafirmar aliança com o prefeito de Fortaleza e, sem estipular prazos, disse que, em breve, anunciará sua postura diante da disputa eleitoral de 2016.

“Eu tenho uma grande parceria com o prefeito Roberto Cláudio. Ele tem feito um grande trabalho por Fortaleza. Somos aliados”, frisou ele, acrescentando que “ a minha preocupação, neste momento, tem sido cuidar dos problemas do Estado do Ceará, que não são poucos diante da dificuldade da economia e hídricas”, disse Camilo durante coletiva no lançamento do Bilhete Único da Região Metropolitana de Fortaleza.

Candidatura do PT
Camilo, entretanto, deixou escapar que chegou a solicitar à executiva do partido que não tomasse qualquer decisão, mas seus apelos não foram ouvidos. De pronto, tentou minimizar o fato. E não comentou sobre a candidatura da correligionária. “Solicitei ao partido que adiasse essa decisão, abrisse mais diálogo, mas, infelizmente, tomaram a decisão no final de semana passada e, no momento certo, eu vou me pronunciar e tomar decisão sobre os rumos da eleição. Mas, neste momento, meu tempo tem se dedicado ao Estado”, finalizou.

RC
A manifestação de Camilo é aguardada com expectativa por petistas e aliados. Agora, nos bastidores, a informação é de que, para guardar a coerência, Camilo deveria apoiar RC, pois, mesmo sendo do mesmo partido, Luizianne não o apoiou em 2014. Roberto Cláudio, por sua vez, foi um dos principais apoiadores da eleição de Camilo e integra o grupo liderado pelos irmãos Ciro e Cid Gomes que cobram o apoio de Camilo ao prefeito. O governador não tem a maioria no diretório municipal do partido, em Fortaleza. Por outro lado, há uma desejo da direção do PT do seu engajamento na candidatura do nome apontado pela legenda.

Com informações do OE


Curtir: