Ceará

STJ garante liberdade do prefeito do Ipú. Sávio Pontes deve voltar ao cargo

STJ garante liberdade do prefeito do Ipú. Sávio Pontes deve voltar ao cargo. Foto: Ipunotícias

O prefeito do Ipú, Sávio Pontes, preso e afastado do cargo pelo suposto envolvimento no caso dos Banheiros Fantasmas garantiu um habeas corpus junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) na tarde desta quarta-feira (27).

O habeas corpus, assinado pelo ministro do STJ,  Sebastião Reis, revoga a decisão anterior do desembargador Darival Beserra Primo, do Tribunal de Justiça do Ceará, que levou à prisão de Sávio Pontes. O ministro também restituiu o cargo de prefeito ao peemedebista e revogou a ordem de indisponibilidade dos bens do prefeito.

Hospital e Bombeiros
O político estava internado em um hospital particular de Fortaleza com quadro de “pressão alta”. Antes, o prefeito ficou preso no Quartel do Corpo de Bombeiros, no bairro Jacarecanga, desde a última quinta-feira (21), quando se apresentou à polícia, após seis dias foragidos. Ele já tinha mandado de prisão desde o dia 15 de junho.

“Banheiros Fantasmas”
Sávio Pontes é acusado pelo Ministério Público Estadual de integrar um esquema que desviou R$ 3,1 milhões, que seriam usados para construção de banheiros populares em cidades do interior do Ceará – caso que ficou conhecido como o “Escândalo dos Banheiros Fantasmas”.

De acordo com a Procuradoria dos Crimes Contra a Administração Pública (Procap), o dinheiro teria sido repassado pelo Governo do Estado, através da Secretaria das Cidades e desviado para financiamento de campanha de alguns candidatos.


Curtir: