Com a palavra

Tá dando o que falar

O racha no Partido Verde continua dando o que falar. Lideranças da sigla, aqui no Ceará, divergem sobre os rumos do partido.

De um lado, a executiva estadual comandada por Macelo Silva (ex-prefeito de Maranguape que em 2010 foi o candidato do PV na disputa ao Governo do Ceará).

Do outro, o grupo “Transição Democrática” que defende a reestrutução do partido com a saída de Marcelo Silva. O movimento foi oficialmente lançado no dia 16 de abril e contou com a presença da ex-presidenciável, Marina Silva.

Pois bem, o vereador Eron Moreira (PV) manifestou opinião à coluna PolitiKa sobre a divulgação da Carta Oficial ao Povo Cearense, assinada pelo presidente da sigla, Marcelo Silva. 

O vereador Eron Moreira (PV) no plenário da CMF. Foto: Genilson de Lima/Câmara Municipal de Fortaleza

Acompanhe o que diz o vereador Eron Moreira:

Venho com todo respeito registrar que no século dezenove, tivemos a quebra das “correntes” dos grilhões que vergonhosamente mantinham pela força e pela desumanidade a escravidão no Brasil.

No século vinte, tivemos a quebra das “correntes” dos grilhões da ditadura pela força soberana do nosso povo, nas “Diretas Já”.

Hoje, no século vinte e um, Marina e todos nós que queremos um Partido Verde (PV) Livre e Democrático, lutamos para quebrar as “correntes” do grilhões de propriedade do Marcelo Silva, que há 12 anos subjulga nossa militância e o próprio Marcelo disse em comuniocado enviado à impressa: “Não tenho apego a esse cargo” (Imagino se tivesse…).

Vereador Eron Moreira – PV – Fortaleza.


Curtir: