Eleições 2012
Atualizado em: 30/04/2011 - 4:55 pm

O PSDB focou discurso na renovação e deu demonstrações de otimismo durante convenção municipal realizada neste sábado (30) em Fortaleza. O evento, que confirmou o nome do empresário Pedro Fiúza no comando do diretório municipal, marca o início da mobilização para a sucessão da prefeitura da capital em 2012.

Fortaleza Bela?
Na ocasião, o ex-senador Tasso Jereissati (PSDB), criticou a atual administração de Fortaleza e disse que “viramos chacota nacional”.  Ele ainda lembrou que as obras da Copa 2014 estão “se arrastando” e citou, como exemplo, o aeroporto de Fortaleza, construído no governo de Fernando Henrique Cardoso.

“Eu não vou participar das eleições como candidato, mas eu tenho a responsabilidade , como eu disse, com esse partido, com essa juventude e com essa cidade que vive um momento muito difícil. Fortaleza, que já foi um padrão de referência para o Brasil inteiro, hoje é o contrário: só de notícias negativas, é chacota. E nós não podemos continuar assim”, ressaltou Tasso.

Delúbio
O líder tucano disse que a volta, aos quadros do PT, de Delúbio Soares, ex-tesoureiro da sigla e réu no processo que apura o escândalo do Mensalão, é um “tapa na dignidade“. Para Tasso, a refiliação de “um ladrão confesso do dinheiro público” representa um absurdo e desrespeita o povo brasileiro.

“A volta dele é uma consagração do roubo e da corrupção. Um tapa na cara da nossa dignidade”, disse Tasso.

Oposição
Tasso Jereissati ainda falou sobre a necessidade de se criar uma oposição forte e de qualidade para fortalecer a democracia brasileira.

Kassab
Sobre a criação do PSD, fundado pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (ex-DEM), Tasso Jereissati criticou o que seriam as motivações de fundação da nova legenda.

“Isso não é um partido, é um balcão de negociação. É o que tá virando a política no Brasil e a gente fica triste com isso”, disparou.

Maia Junior
O ex-vice-governador do Estado, Maia Junior, também não poupou críticas à administração de Luizianne Lins. Durante discurso, ele desafiou quem tenha feito mais obras de destaque, em Fortaleza, do que a Era “Mudancista“.

Maia Junior lembrou de obras que foram implementadas durante os governos de Tasso Jereissati e citou, entre outras, a construção do aeroporto Internacional Pinto Martins, novas rodovias como a Washingon Soares, a reforma do Theatro José de Alencar e o Projeto Sanear.

Acompanhe abaixo a entrevista de Tasso Jereissati:
[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=7hug2VzyQnQ[/youtube]

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me