Eleições 2014

Tasso diz que o senador eleito deve ter “um só chefe: o povo cearense”

Tasso é candidato ao senado pelo PSDB. Foto: Divulgação
Tasso é candidato ao senado pelo PSDB. Foto: Divulgação

Em entrevista concedida na tarde desta sexta-feira, 25, em Juazeiro do Norte, o candidato ao senado Tasso Jereissati reafirmou o seu compromisso com os cearenses. De acordo com ele, “o representante do nosso Estado no Senado Federal deverá obedecer e ter como mestre apenas o povo cearense”. A entrevista foi concedida antes de encontro que reuniu quatrocentas lideranças políticas da região do Cariri.

“Aquilo que for necessário brigar pelo Ceará, brigar, seja pra trazer, ou pra reclamar; seja pra elogiar ou criticar, mas representando e tendo só um chefe: o povo cearense”, disse Tasso Jereissati.

Independência
Segundo o candidato tucano, atualmente é preciso que haja independência no Senado Federal. “Precisa haver um senador independente que não se atemorize diante do Governo, e tem que representar o Estado, por isso resolvi me apresentar novamente, porque estava sentindo falta disso aqui no Ceará e a população vai decidir”.

Mudança
O candidato reafirmou também a necessidade de mudança. Ele acredita que o Brasil está em péssima situação e que isso se deve “a falta de administração, que foi tomada por um partidos; o serviço publico tem que ser feito por gente que entenda do assunto e não por político”.

Motivação
De acordo com Tasso, o Ceará parou, pois “há muito tempo que não vem nada importante para o Estado” e que isso se deve à falta de independência. ” As pessoas estão ligadas a um Governo ou outro, tem chefes políticos, e não tem independência pra representar”, disse.

Com informações da Assessoria


Curtir: