Nacional
Atualizado em: 18/07/2011 - 6:19 pm

Michel Temer avalia que Dilma adotou medidas adequadas diante da crise no Ministério dos Transportes.

O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), disse nesta segunda-feira (18) que a presidente Dilma Rousseff (PT) está tomando as medidas adequadas para resolver os problemas no Ministério dos Transportes desde que a revista Veja publicou denúncias sobre a existência de um esquema de pagamento de propina envolvendo integrantes do ministério e do Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (Dnit).

Segundo Temer, as medidas adotadas são “as esperadas por aqueles que se preocupam com esse tema”. A declaração foi feita após uma  reunião de coordenação política, comandada por Dilma Rousseff. De acordo com Temer, o assunto não foi abordado na reunião de coordenação.

Crise nos EUA
A reunião começou com um relato do ministro interino da Fazenda, Nelson Barbosa, sobre o panorama econômico internacional, com foco na Europa e nos Estados Unidos. A avaliação do governo é de que os Estados Unidos não irão entrar em uma crise econômica grave, relator Temer. Segundo ele, também não foram discutidas as medidas econômicas que o Brasil adotaria no caso de uma crise americana.

“A tendência que se discutiu lá [na reunião da coordenação política], e assim foi expressado pelo Nelson Barbosa, é de que seguramente os Estados Unidos não entrarão nessa crise. Agora, não analisamos eventuais medidas que virão se, eventualmente, houver uma crise”, disse.

Planejamento
Medidas para o Plano Estratégicos de Fronteiras também foram avaliadas pelos ministros e pela presidente Dilma Rouseeff. Participaram ainda da reunião os ministros da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, da Justiça, José Eduardo Cardozo, de Minas e Energia, Edison Lobão, da Secretaria de Comunicação, Helena Chagas, e do Planejamento, Miriam Belchior.

Com a Agência Brasil

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me