Ceará, Corrupção
Atualizado em: 09/09/2011 - 1:41 pm

Téo Menezes é uma das autoridades supostamente envolvidas no esquema de desvio de dinheiro

Ainda não foi dessa vez! O deputado Téo Menezes (PSDB) pediu pela segunda vez o adiamento do depoimento à Procuradoria dos Crimes contra a Administração Pública (Procap) sobre o caso dos kits sanitários. O parlamentar é uma das autoridades envolvidas no escândalo dos banheiros fantasmas, denunciado em julho, que pode ter desviado R$16 milhões dos cofres estaduais, segundo o Ministério Público.

Nova data
O depoimento estava marcado para esta sexta-feira (9), às 16 horas, na Procap. Com o adiamento, Teo Menezes ganha mais um mês antes de ficar frente a frente com os promotores que investigam o caso. Isso porque o depoimento ficou marcado para o dia 7 de outubro, às 16 horas, também na Procuradoria.

Duas vezes
Foi a segunda vez que o deputado adiou a passagem pelo Ministério Público. O depoimento previsto para  esta sexta-feira (9)  deveria ter ocorrido antes, na última segunda-feira (5), mas o parlamentar pediu adiamento, em função de uma audiência pública da qual participaria na Câmara Municipal de Aracati sobre a construção de um presídio naquele município.

Envolvimento
Representantes de algumas associações envolvidas tinham ligações com o deputado e com o seu pai, Teodorico Menezes, que, depois das denúncias, pediu afastamento da presidência do Tribunal de Contas do Estado (TCE), órgão que deve zelar pela correta aplicação dos recursos públicos. Funcionários do TCE, ligados à presidência, constam como financiadores da campanha de Téo no ano passado.

Bradesco sonega informações, afirma promotor
No Ministério Público, as investigações estão sendo tocadas pela Procap, que quer rastrear o destino do dinheiro. A suspeita é que parte dos recursos tenha sido usada com fins eleitorais. A investigação, no entanto, está sendo inviabilizada, segundo o assessor da Procap, promotor Luiz Alcântara.

Ele disse que o Banco Bradesco está recusando-se a fornecer as informações das movimentações bancárias, mesmo com a autorização da quebra de sigilo fornecida por alguns dos envolvidos no escândalo.

Leia mais:
Escândalo dos Banheiros: Deputado Téo Menezes depõe nesta sexta
Escândalo dos Banheiros: Relatório da Secretaria das Cidades deve ser divulgado nesta sexta
Teo Menezes nega acusações e diz que todas suas doações de campanha são lícitas
Denúncias de fraudes na construção de kits sanitários em 5 cidades

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me