Ceará Eleição

Tranquilidade marca votação em Alcântaras

Eleições tranquilas em Alcântaras, região norte do Ceará. Os 8.343 eleitores do município voltaram às urnas neste domingo (5) para escolher os novos prefeitos e vice. De acordo com informações do Tribunal Regional Eleitoral – TRE/CE, nenhum problema foi registrado na cidade. A polícia também não teve muito trabalho. Apenas duas ocorrências de crime eleitoral foram registradas. As duas foram de transporte irregular de eleitores. Os acusados foram presos e transferidos para Sobral. O TRE espera que o resultado seja conhecido ainda na noite deste domingo.

Três candidatos disputaram a eleição. Francisco Eliésio Fonteles, do PSB, é candidato pela coligação Justiça e Liberdade (PMDB/PSB). Outros duas candidaturas estão sub-judice: Francisco Charlys Moreira de Menezes é postulante pelo PSOL. Já Antônio Marcos Ximenes Carvalho, do PRP, concorre na Coligação Por um Alcântaras Melhor para Todos (PRP/PCdoB). O mandato dos eleitos será encerrado no dia 31 de dezembro de 2012.

Registro cassado
Antônio Marcos Ximenes Carvalho teve o registro de candidatura cassado pela Corte do TRE-CE, que o condenou por não ter prestado contas do exercício de 2005. Na época, ele era presidente da Câmara Municipal de Alcântaras. Além disso, a Corte do TRE considerou que o candidato tem parentesco por afinidade com o ex-prefeito do município, Raimundo Gomes Sobrinho, cassado, em novembro de 2009, por crimes eleitorais.

O candidato pode ainda recorrer ao TSE ou a coligação pode substituí-lo na chapa que disputará o pleito no próximo domingo.

Prefeito Cassado
O prefeito reeleito em 2008, Raimundo Gomes Sobrinho, teve o mandato cassado em novembro de 2009e foi definitivamente afastado do cargo em agosto de 2010 por decisão da Justiça Eleitoral que entendeu que o gestor cometeu abuso de poder econômico e político.

Outros cinco municípios tiveram eleições suplementares: Cordeiros, na Bahia; Aveiro, Brasil Novo e Bujaru, no Pará e Rio Novo do Sul, no Espírito Santo.

Com informações do Tribunal Regional Eleitoral e do repórter Ricardo Lima


Curtir: