Ceará

TRE iniciará revisão eleitoral com biometria em mais seis municípios

TRE iniciará revisão eleitoral com biometria em mais seis municípios. Foto: TRE/CE

O Tribunal Regional Eleitoral segue a implementação do ciclo do recadastramento biométrico nesta semana com a revisão eleitoral em mais seis municípios do estado.

Nesta quinta-feira (16), às 10 horas, a vice-presidente e corregedora regional eleitoral, desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira, conduzirá audiência pública na 8ª Zona Eleitoral, em Aracati, que abrange as cidades de Fortim e Icapuí, para dar início aos trabalhos de biometria nesses municípios.

Ainda nesta quinta, às 15 horas, a corregedora do TRE-CE estará em Cascavel, 7ª ZE, que compreende ainda o município de Pindoretama, para realizar audiência pública e iniciar o recadastramento biométrico de eleitores.

Trairi
Já na sexta-feira, às 10 horas, a desembargadora Nailde Pinheiro estará em Trairi (97ª ZE) para audiência pública que marcará o início da revisão eleitoral com biometria no município. Em todas as audiências, haverá a participação dos juízes, promotores e servidores da Justtiça Eleitoral, além de autoridades locais.

Revisão
No processo de revisão biométrica, os eleitores são obrigados a comparecer aos cartórios eleitorais para recadastrar seu título através da coleta de dados biométricos. Em Aracati, Fortim, Icapuí, Cascavel e Pindoretama, a revisão se estenderá até 31 de outubro de 2017. Já em Trairi, os eleitores terão até o dia 30 de setembro deste ano para realizar o recadastramento.

Agendamento
O TRE do Ceará esclarece aos eleitores a necessidade de agendar o atendimento nos cartórios eleitorais, através do telefone 148 ou no site do tribunal. Em fevereiro, o atendimento ainda será reduzido. Mas, a partir de março, a Justiça Eleitoral ganhará o reforço dos estagiários cedidos pelo Governo do Estado, através do Programa Primeiro Passo, e de servidores terceirizados, contratados para agilizar os trabalhos de recadastramento dos eleitores.

Meta
A meta do TRE cearense é recadastrar cerca de 75% do eleitorado do Estado até as eleições de 2018 e atingir 100% em 2020. Nas eleições municipais de 2016, 34,78% dos eleitores cearenses votaram com a identificação biométrica (16% na capital). Dos 184 municípios cearenses, 62 já alcançaram a meta de 100% dos eleitores cadastrados. Em outros 117 municípios, o processo está em andamento. Deste total, 69 municípios farão o recadastramento biométrico obrigatório nos anos de 2017 e 2018. Ou seja, o eleitor terá que comparecer aos cartórios eleitorais. Quem não atender ao chamado da Justiça Eleitoral, terá o título cancelado.

E ainda
Em outros 48 municípios, incluindo a capital, o cadastramento de eleitores será ordinário, facultada a opção de realizar ou não a identificação biométrica até maio de 2018. Em Fortaleza, o TRE vai descentralizar e ampliar o número de postos de atendimento. Além do Vapt Vupt de Messejana, colocará outras opções de atendimento ao eleitor no Vapt Vupt do bairro de Antônio Bezerra e em shopping centers da cidade.

Com informações do TRE


Curtir: