Eleições 2014

TRE instala Comissão de Votação Paralela para auditoria nas urnas eletrônicas

TRE-CE instala Comissão de Votação Paralela para auditoria nas urnas eletrônicas
TRE-CE instala Comissão de Votação Paralela para auditoria nas urnas eletrônicas

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará instalou na manhã desta quarta-feira (03), na Sala de Sessões, a Comissão de Votação Paralela, na presença de representantes dos partidos, coligações e de diversas entidades.

A comissão, presidida pela juíza auxiliar da Presidência do TRE, Roberta Ponte Marques Maia, será responsável pela auditoria da urna eletrônica nas eleições 2014.

Cronograma
Durante a cerimônia, foi apresentado o cronograma de atividades e realizada a escolha de três fiscais que, voluntariamente, se colocaram à disposição para acompanhar o transporte das três urnas eletrônicas – duas do interior e uma da capital – a serem sorteadas no sábado (4/10), véspera das eleições. Atuarão como fiscais Felipe Pinho da Costa Leitão (FECOMÉRCIO), Gutemberg de Figueiredo Marques (ACI) e Francisco de Assis Oliveira (ACERT).

Cédulas
Na reunião de instalação da comissão, representantes dos partidos e de entidades fizeram o preenchimento de cédulas eleitorais de uma das urnas que serão auditadas. As cédulas foram colocadas numa urna de lona, lacrada, e só será aberta no dia da eleição, quando os votos vão ser digitados na urna eletrônica. As demais cédulas eleitorais serão preenchidas por alunos do Ari de Sá Cavalcante, da avenida Duque de Caxias, no próximo dia 16/9, no próprio colégio.

Processos
Na Votação Paralela, a ser realizada no 1º turno, no próximo dia 5 de outubro, e no dia 26/10, caso haja 2º turno, incluindo seções eleitorais de todo o Estado, os votos assinalados na cédula de votação e, posteriormente depositados em urna de lona, também são digitados nas urnas eletrônicas. Os dois processos de votação, além de acompanhados por servidores da Justiça Eleitoral, advogados e representantes dos partidos, são filmados. Ao final, contrapõem-se os resultados. Se forem idênticos, estará comprovado o correto funcionamento da urna eletrônica.

Composição
Além da juíza Roberta Ponte, a comissão é composta pelos servidores Zemilson Batista de Medeiros, representante da Secretaria de Tecnologia da Informação; Ana Lilian Bastos Santana da Cunha, da Secretária Judiciária; Gláucia Lima Andrade, da Corregedoria Regional Eleitoral; e Cláudio Emmanuel Medeiros Dantas, da Secretaria de Administração. Os trabalhos da Votação Paralela são acompanhados ainda pelo representante do Ministério Público Eleitoral. Na reunião desta quarta-feira, 3/9, esteve presente o promotor Luís Antônio Abrantes Pequeno.

Com informações do TRE


Curtir: