Eleições 2016

TRE realiza os trabalhos de geração de mídias para as eleições

​Juíza Joriza Magalhães Pinheiro abre os trabalhos de geração de mídias para as Eleições. Foto: TRE
​Juíza Joriza Magalhães Pinheiro abre os trabalhos de geração de mídias para as Eleições. Foto: TRE

A juíza da Corte do TRE-CE, Joriza Magalhães Pinheiro, abriu os trabalhos de geração de mídias, na manhã desta quarta-feira (14), conforme determina a Resolução do TRE-CE nº 623/16, nos termos da art. 21, § 1º da Resolução TSE nº 23.456/2015.

Representantes dos partidos, coligações, Ministério Público e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE) foram convocados pelo TRE-CE para acompanhar os trabalhos, no período de 14 a 17 de setembro, das 8 às 19 horas, na Sala de Treinamento do tribunal, no 1º andar do edifício-sede, na rua Jaime Benévolo, 21, no Centro de Fortaleza.

Geração
Para a geração de mídias, os servidores do TRE receberam da Secretaria de Tecnologia da Informação 900 cartões de memória de carga, 24.155 cartões de memória de votação e 24.063 memórias de resultado. Os cartões de memória de carga recebem os programas da urna e os dados de candidatos e eleitores de até 100 seções eleitorais de um determinado município, embora o padrão no TRE-CE seja de até 30 seções, visando agilizar o processo de preparação das urnas. Já nos cartões de memória de votação, são gravadas as fotos dos candidatos que concorrem à eleição.

Preparação
Antes da geração, o TRE realiza vários procedimentos preparatórios que incluem a consolidação das informações necessárias para a eleição, tais como seções, agregações e mesas receptoras de justificativas, a oficialização do sistema de preparação, o fechamento do CAND (Sistema de Registro de Candidaturas), que aconteceu nesta terça-feira (13/9) e a emissão de relatórios para conferência dos dados dos candidatos que constarão nas urnas eletrônicas. Só após esses passos, inicia-se a inserção dos dados nas mídias, que se estenderá até o dia 17 de setembro.

Carga
Depois da geração de mídias, começará a carga das urnas eletrônicas. O procedimento consiste na destinação de uma urna para cada uma das 20.323 seções de votação e das 39 urnas para recebimento de justificativas. A partir dos cartões de memória de carga, são transferidos para as urnas eletrônicas os programas da urna, homologados pelo Tribunal Superior Eleitoral, e os dados de candidatos e eleitores (nome, número do título e informações biométricas, se existirem) da seção correspondente.

Com informações do TRE


Curtir: