Senado

Vanessa Grazziotin não descarta recorrer ao STF para instalar CPI da Petrobras

Vanessa Grazziotin não descarta recorrer ao STF para instalar CPI da Petrobras

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) não descarta recorrer ao Supremo Tribunal Federal para tentar instalar a CPI da Petrobras. Apresentado no final de maio, o requerimento que pede a investigação da política de preços da estatal para os combustíveis ainda não foi lido em Plenário.

O líder do governo, senador Romero Jucá (MDB-RR), negou qualquer articulação para barrar a CPI. Ele disse que as planilhas da Petrobras podem ser discutidas na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE).

A senadora defende uma investigação de curto prazo e com análises restritas à formação de preços, sem adentrar questões que estão na alçada da Operação Lava Jato.

Assinaturas
O pedido de criação já foi apresentado, com mais de 27 assinaturas, mínimo necessário, mas ainda não foi lido em Plenário, ato que oficializa a criação da comissão.

“Só há uma forma de abrir a caixa preta da Petrobras: através de uma Comissão Parlamentar de Inquérito. Nenhuma outra comissão, dispositivo regimental, requerimento, o que for, terá a possibilidade legal de acessar os reais dados da Petrobras e de quem mais seja necessário para que a gente possa estudar e mostrar à população o que os técnicos já dizem, que é um abuso essa política de preços”, declarou Vanessa, em discurso no mês passado, ao defender a instalação da CPI.

Com informações da Agência Senado


Curtir: