Câmara Municipal

Vereador ainda quer mudar Lei da Ficha Limpa

Vereador Marcelo Mendes. Foto: Genilson de Lima

O vereador Marcelo Mendes (PTC) informou nesta terça-feira, 29, na tribuna da Câmara Municipal de Fortaleza, que apresentou uma emenda ao projeto que aplica à Lei Orgânica do Município as restrições da chamada Lei da Ficha Limpa. A proposta aumenta de cinco para oito anos no tempo em que o gestor fica inelegível, caso suas contas não forem aprovadas.

Leia mais:
Câmara aprova Lei da Ficha Limpa em Fortaleza

Deputados aprovam projeto “Ficha Limpa” para o Ceará
Ficha Limpa aprovada deixa dúvidas “nebulosas”

Oito anos
Marcelo disse que a iniciativa de aumentar o período de inelegibilidade é para que a legislação municipal se equipare à legislação federal, como também para que Fortaleza não fique atrás das outras capitais, que têm um tempo de oito anos. A proposta local é de autoria do vereador Salmito Filho (PSB), e foi subscrita por todos os vereadores.

Em pauta
O parlamentar ainda ressaltou a importância da aprovação da Lei da Ficha Limpa, que está na pauta da sessão de hoje, e disse que essa é a vontade do povo. “Os gestores tem que ter a ficha limpa, e isso é o desejo dos fortalezenses. Acredito que a matéria será aprovada por unanimidade”, acrescentou o vereador.

Com informações da CMFor


Curtir: