Câmara Municipal
Atualizado em: 18/08/2011 - 3:51 pm

Ciro Albuquerque quer CPI para investigar gestão Luizianne

A licitação para iluminação pública de Fortaleza foi alvo de questionamento do vereador Dr. Ciro (PTC), em pronunciamento nesta quinta-feira (18), na tribuna da Câmara Municipal. O parlamentar afirmou que há irregularidades na concorrência que exclui o critério do menor preço e propôs a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as denúncias.

Segundo o parlamentar, a Câmara Municipal tem obrigação de exercer seu papel de fiscalizadora do Poder Executivo. Ele ainda cobrou um posicionamento da Mesa Diretora sobre outros três pedidos de CPI que nunca saíram do papel e disse que matérias divulgadas pela imprensa mostram graves denúncias que poderiam ser apuradas pela Comissão Parlamentar de Inquérito.

“Estou entrando com a solicitação de uma CPI da corrupção na gestão de Luizianne. Peço apoio dos vereadores para que haja resposta das CPIs que estão em curso. CPI é um instrumento legítimo do parlamento, da oposição. E nós estamos com a CPI pronta, esta deverá ser a verdadeira CPI”, afirmou Dr. Ciro.

Para o vereador José Carlos (PPS) se associou ao discurso afirmando que o contrato da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) com a empresa Citéluz deve ser revisto, pois não há concorrência.

O parlamentar também citou um projeto de sua autoria que visa a isentar condomínios residenciais da cobrança da taxa de iluminação pública, e concluiu afirmando que a empresa prestadora de serviço tem condições de instalar novos postes de luz na cidade.

Com informações do site da CMFor

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me