Fortaleza

Vereadores aprovam reajuste de 7,97% para professores da rede pública de Fortaleza

Reajuste para o magistério foi superior ao dos demais servidores municipais - Foto: Genilson de Lima
Reajuste para o magistério foi superior ao dos demais servidores municipais – Foto: Genilson de Lima

A Câmara Municipal de Fortaleza aprovou, na manhã desta quinta-feira, 18, por unanimidade, o projeto de lei ordinária n° 137/2013, enviado à Casa pelo Prefeito Roberto Cláudio. O projeto, apreciado já em redação final, define o aumento dos professores municipais em 7,97%.

Maior
O reajuste oferece aos servidores do magistério além da reposição da inflação correspondente ao ano de 2012, medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e assegurada por meio da “Revisão Geral da Remuneração dos Servidores e Empregados Públicos do Município de Fortaleza”, um reajuste adicional para que se incorpore com a atualização do Piso Nacional do Magistério.

Cálculo
O aumento calculado pelo IBGE foi de 5,8386%, índice que não contemplou os anseios dos professores, e foi necessário reajustar o vencimento básico dos profissionais que integram o Grupo Operacional Magistério em 2,1314%.

Lei do Piso
Na ocasião, o vereador João Alfredo (PSOL) lamentou que a Prefeitura tenha perdido a oportunidade de dar aos professores o reconhecimento de um direito consagrado na Lei do Piso, que é o cumprimento de 1/3 de hora para planejamento da atividade a ser aplicada em sala de aula. O parlamentar criticou a rejeição da emenda, de sua autoria, que consagrava esse direito, junto com o reajuste salarial.

Com informações da CMFor


Curtir: