Fortaleza

Vereadores de Fortaleza querem adotar o “recesso branco”

Vereadores de Fortaleza querem adotar o "recesso branco". Foto: Genilson de Lima/CMFor
Vereadores de Fortaleza querem adotar o “recesso branco”. Foto: Genilson de Lima/CMFor

A Câmara Municipal de Fortaleza (CMFor) poderá adotar o chamado “recesso branco” no período de uma semana que antecede a eleição de 2014. Na quinta-feira (18), um grupo de vereadores esteve reunido para apresentar a proposta ao Colégio de Líderes. A decisão deve-se ao fato da aproximação da eleição, que ocorrerá no próximo dia 5 de outubro.

Candidatos
De 43 vereadores, 18 estão concorrendo a cargos tanto na Assembleia Legislativa do Ceará como na Câmara Federal. A proposta está sendo analisada pelo Colegiado.

Fraco
Desde o início da campanha eleitoral, que iniciou no último dia 6 de agosto, as sessões vêm sendo prejudicadas em razão da ausência dos parlamentares, que dividem seu tempo trabalhando em suas bases eleitorais para se elegerem ou engajados nas campanhas de outros candidatos que detêm seus apoios. Só este mês, duas votações de matérias de “relevante interesse social” foram derrubadas por falta de quórum.

Contra
“Bom, eu acho desnecessário”, apontou o vereador Didi Mangueira (PDT). Ele enfatizou a sessão da última terça-feira que caiu por falta de parlamentares, contudo, ponderou que dá para os vereadores dividirem seu tempo e se dedicar a Casa Municipal. “Mas os vereadores que estão disputando eleição, eles estão na Câmara. Muitas vezes estão nos corredores da Casa e escutam o chamado para a votação”, justificou, salientando: “Mas não vejo necessidade de se fazer o recesso branco. Dá para conciliar as duas coisas”, pontuou.

Com informações do OE


Curtir: