Câmara Municipal

Vereadores divergem sobre projeto de reordenamento da Beira Mar

Vereador do PP quer explicação detalhada sobre os gastos da Prefeitura - Foto: Evilázio Bezerra/CMFor

O vereador Jaime Cavalcante (PP) anunciou nesta terça-feira (20), que protocolou requerimento pedindo informações sobre o projeto de reordenamento da avenida Beira Mar. Segundo ele, o projeto não descreve todas as fontes dos recursos, constando apenas R$ 2,6 milhões que sairão dos cofres da Prefeitura e R$ 4,5 milhões do Governo Federal. O projeto total está orçado, conforme ele, em R$ 102 milhões.

O requerimento, segundo Jaime, solicita cópias dos seguintes documentos: projeto financeiro, previsão no Plano Plurianual, carta de intenções da CAF, disponibilidade orçamentária e fontes de financiamento.

Líder da Prefeita
O líder do Executivo, Ronivaldo Maia (PT), disse estar de acordo com o requerimento, mesmo descordando do pensamento exposto pelo colega. Para Ronivaldo, se a Prefeitura partisse do pensamento de somente iniciar uma obra quando tivesse todos os recursos do orçamento, não teria iniciado e concluído uma série de outras obras.

“Sonhar é o primeiro passo para realizar. A obra da Beira Mar é este primeiro passo. Estamos novamente ousando”, disse.

PV
A respeito dos recursos da reforma do Estádio Presidente Vargas, Jaime disse que entrou com denúncia no Tribunal de Contas do Estado (TCE) questionando a inadimplência da Prefeitura sobre R$ 2,3 milhões dos R$ 15 milhões de convênio com o Governo do Estado.

Com informações da CMFor


Curtir: