Câmara Municipal

Vereadores vão intermediar reivindicações de servidores públicos de Fortaleza

Vereadores vão intermediar reivindicações dos servidores públicos de Fortaleza. Foto: Genilson de Lima
Vereadores vão intermediar reivindicações dos servidores públicos de Fortaleza. Foto: Genilson de Lima

A Câmara Municipal de Fortaleza recebeu, por meio de uma comissão de vereadores, representantes do Sindicato dos Servidores e Empregados do Município (Sindfort) e outras entidades representativas dos servidores municipais.

Contra
Eles são contrários ao projeto de lei complementar 0063/2013, que dispõe sobre o procedimento de aposentadoria pelo regime próprio de previdência dos servidores do município. Segundo o Sindifort, na matéria, há uma série de irregularidades que prejudicam a aposentadoria dos servidores.

Abono
De acordo com o Sindicato dos Servidores, a lei complementar tira o abono de 11% de remuneração dos aposentados, o servidor perde o direito de voltar atrás na decisão da aposentadoria, entre outros pontos considerados desfavoráveis. Os servidores rejeitam a proposta de lei complementar por inteira.

Intermediação
Representando a liderança do governo, vereador Didi Mangueira (PDT) afirmou que a tramitação do projeto de lei está suspensa e que vai levar ao prefeito essa preocupação. O vereador Guilherme Sampaio (PT) mostrou-se a favor da posição dos servidores e acredita que deva haver maior discussão dessa questão na Mesa Permanente de Negociação, e citou essa questão dentro do grande expediente durante sua fala pelo tempo da liderança da oposição.

Quem acompanhou?
O presidente da Câmara Municipal de Fortaleza, vereador Walter Cavalcante (PMDB) participou da reunião, como também os vereadores Capitão Wagner (PR), Adail Júnior (PROS), Ba (PTC), Marcio Cruz (PROS), Ronivaldo Maia (PT), Toinha Rocha (PSOL), Vaidon Oliveira, (PSDC) e Fábio Braga (PTN), entre outras entidades.

Com informações da Assessoria


Curtir: