Ceará

Vídeo: Cisternas são alternativa para reduzir os efeitos da seca

Cisternas são alternativa para reduzir os efeitos da seca
Cisternas são alternativa para reduzir os efeitos da seca

A seca continua castigando 174 dos 184 municípios cearenses e a previsão da Fundação Cearense de Metereologia (Funceme) não é das melhores. Esse ano a chuva pode não aparecer novamente e uma das alternativas encontrada pelas autoridades é a construção de cisternas.

População
Na comunidade de Caldeirões, em Itapipoca, há 147 kilometros de Fortaleza, a água turva serve para os afazeres domésticos, mas não serve para beber. Esse é o caso da dona de casa, Charlene de Souza, mas a situação mudará em breve, com a construção de uma cisterna de placa no quintal da casa dela.

Cisternas
Cada cisterna tem capacidade para armazenar até 16 mil litros de água. No total 65 mil famílias serão beneficiadas e já foram investidos desde 2005 cerca de 186 milhões de reais. Além das cisternas de placa existem outros tipos de reservatórios, como a cisterna de enxurrada que tem capacidade para 52 mil litros.

Acesso
Para ter acesso ao benefício é necessário manusear os reservatórios, por isso os donos de cisternas precisam fazer um curso de gerenciamento de recursos hidricos, com 16 horas aulas, apenas as famílias que participarem do curso podem receber as cisternas.

Acompanhe na reportagem do Jornal Jangadeiro:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=0YDiKp9mZJw&feature=share&list=UUo9ccRwo7Nu5urecpHlgPfA[/youtube]


Curtir: