Ceará
Atualizado em: 03/08/2011 - 5:54 pm

Cid Gomes discute com vereador João Alfredo. Foto: reprodução TV Jangadeiro

“Atitude infeliz” que causou “constrangimento absurdo” à pessoas humildes.  Foram estes alguns dos adjetivos utilizados pela Procuradora da República, Nilce Cunha, ao avaliar a visita que o governador Cid Gomes fez a comunidade Aldaci Barbosa, na noite de terça-feira (02). O vídeo pode ser visto no final deste post.  

Segundo ela, o governador causou constrangimento ao revelar a pressão exercida para que os  moradores da região deixem suas casas.  A declaração de Nilce Cunha foi feita em entrevista à jornalista Dina Sampaio da FM Jangadeiro na manhã desta quarta-feira (03).

“Eu considero que foi uma atitude infeliz do governador[Cid Gomes]. O fato de ir lá na casa dessas pessoas humildes, tarde da noite, a autoriodade máxima do estado, não deixa de ser um constrangimento absurdo e expõe uma pressão que foi feita contra essas pessoas que já estão altamente assustadas em perder suas moradias”, disse a procuradora.

Leia ainda: População reage a visita de Cid Gomes e até xinga o governador

A visita
Cid Gomes visitou casas de alguns moradores da comunidade na tentativa de convencê-los a aceitar a proposta de desapropriação dos imóveis, para dar lugar às obras da Copa do Mundo de 2014.

“Fora governador”
Na ocasião, os moradores que não querem sair do local protestaram com cartazes e gritaram palavras de ordem como “Cid terrorista”, “Fora governador” e “mentiroso”. O vereador João Alfredo e membros do partido PSol participaram do protesto, ao lado dos manifestantes.

Ministério Público
A denúncia contra a atitude do governador foi citada por representantes da comunidade Aldaci Barbosa durante reunião na sede da Procuradoria Geral da República, na tarde desta quarta-feira (03).

Ainda de acordo com a procuradora Nilce Cunha o relato dos moradores será analisado pelo Ministério Publico para que o órgão possa decidir que medidas serão adotadas.

Embora reconheça a relevância das obras de infraestrutura para a Copa do Mundo, a procuradora Nilce Cunha avalia que é preciso resguardar a dignidade das famílias atinidas pelas desapropriações.

Acompanhe trechos da entrevista de Nilce Cunha à jornalista Dina Sampaio da rádio FM Jangadeiro.

Entrevista Nilce Cunha parte I

Entrevista Nilce Cunha parte II

Confira ainda como foi o tumulto durante a visita do governador à comunidade no vídeo abaixo.

Siga-nos e curta-nos:
RSS
Follow by Email
Twitter
Visit Us
Follow Me